Últimas

Casagrande e o Ministro do Desenvolvimento Regional sobrevoarão Região Sul do ES neste domingo (26)

O governador Renato Casagrande analisa a possibilidade de pedir recursos do governo federal para a reconstrução das cidades, além da ampliação da participação do Exército.


O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), receberá neste domingo (26), a visita do ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. Os dois sobrevoarão os municípios do Sul do estado que vêm sendo afetados pelas chuvas desde a última sexta-feira (17). Casagrande espera obter recursos do governo federal para a reconstrução das cidades.

"A visita do ministro aqui é para que a gente possar apresentar um relatório, debater com ele e verificar a oportunidade de o governo federal ser parceiro dessa reconstrução", explicou Casagrande em uma entrevista à Globo News.

Casagrande também falou sobre a possibilidade de solicitar ao governo federal a ampliação da ajuda do Exército. Atualmente, 40 militares atuam na limpeza de reconstrução da cidade de Iconha.
"Acho que vai ser necessário a gente ampliar a presença do exército e de outras forças para que a gente possa ajudar nessa reconstrução", disse.

Investimentos
Segundo o governador, após o período das chuvas será necessário investir principalmente na infraestrutura de rodovias que foram danificadas pelas enchentes e na construção de casas e de pontes. Ao longo da última semana, cerca de 200 pontes foram destruídas pelas enchentes.



No entanto, desde essa sexta-feira (24) voltou a chover forte no Sul do estado e 12 cidades encontram-se alagadas neste momento, incluindo CasteloCachoeiro de Itapemirim e Marechal Floriano.

Casagrande lembra que neste momento a prioridade é garantir atendimento imediato às vítimas das enchentes. De acordo com o último boletim da Defesa Civil estadual, 4.923 pessoas estão fora de suas casas, sendo 4.724 desalojados e 199 desabrigados.

"O atendimento agora é para dar conforto e dignidade mínima às pessoas. Um abrigo, alimento, colchão, kit de higiene, kit limpeza. Depois que a água baixar é limpar a cidade, desobstruir estradas, fazer as pontes", explica.

Com informações do G1





Nenhum comentário