Últimas

Instituto alerta para temporais extremos. É previsto para Colatina e região chuva forte, raios e vendaval



Segundo o Instituto Clima tempo muitas regiões do Espírito Santo podem acumular de duzentos a trezentos milímetros de chuva entre segunda-feira (20) e sexta-feira (24), uma média de 60 mm de precipitação diária, caso se confirme as previsões do clima, pois existe possibilidade, mesmo que remota, de não se concretizar. 
Apenas como referência a média do Estado para todo o mês de janeiro é de 150 mm a 300 mm. Em cinco dias o volume pode ultrapassar o esperado para um período de 30 dias. O alerta serve também para a região noroeste do estado, aonde estão localizadas as cidades de Colatina, Pancas, Governador Lindemberg, Marilândia, Baixo Guandu e mais 12 municípios.
Além da probabilidade elevada de temporais, o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CEPTEC), vinculado ao Instituto Nacional de Pesquisa espaciais (Inpe), emitiu um alerta para risco de tempestade com raios e vendavais para várias cidades do Estado. Na região Noroeste o alerta esta destinado a cidade de Baixo Guandu que faz divisa com o município de Colatina.
É importante relatar que o volume de chuva estimado para os próximos dias no Estado do Espírito Santo, por várias simulações atmosféricas feitas em supercomputadores, é extremo e muito preocupante, segundo o Climatempo. O Estado poderá sofrer muito com as chuvas nesta semana.
O aumento da chuva começa já nesta segunda-feira, 20 de janeiro, quando a chuva volta cair forte novamente. Porém entre terça-feira (21) e sexta-feira (24), a chuva deve ser generalizada e volumosa.   

Fontes: Inpe, Incaper, Gazeta




Nenhum comentário