Últimas

Nova Venécia viabiliza ações focando a retomada da normalidade

Edson Marquiori, Secretário Municipal de Planejamento

É importante esclarecer que ao ser declarada uma pandemia, ela deve ser levada a sério, segundo a definição de especialistas e da Organização Mundial da Saúde (OMS), uma pandemia significa a disseminação mundial de uma doença, ou seja, é quando a doença se espalha por vários países com uma transmissão contínua entre as pessoas e no cenário que estamos hoje, todas as instruções das autoridades sanitárias e de saúde em torno do coronavírus devem, rigorosamente, seguir a regra.

Para conter o avanço da pandemia e manter Nova Venécia dentro do baixo risco de contaminação, a administração municipal segue adotando medidas como, a orientação para o uso de máscara, tornando obrigatório o uso nas repartições públicas municipais, ação orientada também para comércio, bancos, transporte coletivo e outros espaços; demarcação de espaços com pintura nas calçadas em frente a bancos, lotéricas e correspondentes bancários para orientar a distância entre as pessoas; desinfecção de calçadas, praças, rodoviária e outros logradouros públicos onde há aglomeração de pessoas; atuação dos profissionais da vigilância sanitária na conscientização popular; redução do horário de funcionamento do comércio; instalação de barreiras sanitárias nas entradas da cidade. Nos próximos dias serão  instalados túneis de pulverização das pessoas em alguns pontos da cidade, o primeiro deles próximo à Caixa Econômica Federal, além de reforçar a orientação para que as pessoas adotem o isolamento social, que é a principal arma no combate a pandemia.

A partir da retomada gradativa das atividades do comércio em Nova Venécia, o que todos esperam é que aos poucos a rotina no município vá voltando à normalidade, porém até, que essa normalidade seja de fato possível, essas medidas precisam ser adotadas e, é esse o caminho que a administração veneciana vem trilhando. As restrições causam impacto econômico e social na vida das famílias e das empresas, mas são medidas extremamente necessárias. Apesar de toda discussão em torno dessas medidas, o cenário pede união e cooperação, a fim de diminuir riscos e prejuízos. 

Falando desta realidade, o Secretário Municipal de Planejamento de Nova Venécia, Edson Marquiori, afirmou que o objetivo dessas ações é poder ver a cidade voltar a norrmalidade o quanto antes. Embora, isso imponha sacrifícios momentâneos, a finalidade é proporcionar as pessoas, ao empreendedor, condições de exercerem suas atividades com segurança, o mais rápido possível.

“Não somos indiferentes a situação do comércio e a privação social e econômica que estão vivendo as pessoas, todos nós estamos inseridos nisso. Nos preocupamos com o desenvolvimento socioeconômico de Nova Venécia e sabemos que, os impactos da paralisação se refletem de forma mais acentuada nos pequenos negócios e nas famílias em condições mais vulneráveis. Quando a população é orientada a aderir ao isolamento social com mais consciência é porque sabemos que isso é necessário. O abono do isolamento social na hora errada pode nos levar a dar passos para trás, isso sim, seria penoso demais para todos”, disse Marquiori.

Edson ainda lembrou o dia das mães que será comemorado amanhã (10). “Falar e defender a vida é lembrar a figura das mães. Quantas mães já foram afetadas com a perda de seus filhos para essa doença no mundo inteiro? Quantos filhos choram a perda de suas mães vítimas da mesma situação? É uma realidade de tristeza e dor que, com cautela e um pouco de sacrifício podemos evitar. A quarentena salva vidas, dependeremos dessas vidas para construir uma economia forte e cada vez mais diversificada em nosso município”.

A realidade atual pede colaboração de todos os cidadãos de bem, paixões e divergências de qualquer natureza devem ser deixadas para outro momento. A atitude egoísta de alguns atrapalha a conquista de melhores resultados para todos. Aos que desejam uma realidade transformada, vale uma reflexão, o bem-estar social não depende só das instâncias políticas, embora o governo seja o grande responsável por avanços e retrocessos, a consciência e atitudes cidadãs contribuem no processo. O pensamento aqui colocado não deseja desqualificar as críticas à política pública partidária, essa consideração é só para lembrar que cabe, no momento, uma reflexão sobre aquela famosa frase do presidente americano John Kennedy em 1961: "Não pergunte o que o seu país pode fazer por você, pergunte o que você pode fazer pelo seu país".



Nenhum comentário