Últimas

Governador do Estado participa da posse da nova presidente da Findes



O governador do Estado, Renato Casagrande, participou, nesta quarta-feira (29), da solenidade de posse da nova presidente da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), Cristhine Samorini, para o triênio 2020-2023. É a primeira mulher eleita para o posto e substitui o ex-presidente Léo de Castro. O evento aconteceu em Vitória e foi transmitido pelas redes sociais. Em decorrência do novo Coronavírus (Covid-19), a solenidade presencial teve público reduzido, além de obedecer a todas as normas de saúde, como o uso de máscara, distanciamento adequado e utilização de álcool.

Em seu discurso, Casagrande abordou a parceria do Governo do Estado com a Findes para a geração de oportunidades aos capixabas. “Estamos encerrando um mandato exitoso que o Léo de Castro liderou. Sabemos do compromisso da Cris e ser a primeira mulher a presidir a Findes quebra paradigmas e mostra que as mulheres são capazes de assumir qualquer papel. A Cris é pé quente, pois hoje tivemos o anúncio da renovação da outorga da estrada de ferro Vitória-Minas até Anchieta e a aprovação da urgência da Lei do Gás. O Governo do Estado trabalhará 100% ao lado da Findes”, afirmou.

Para o governador, o atual momento exige a união de todos em prol da sociedade. “É um momento duro para a gente viver, para governar e você irá enfrentar dificuldades. Se não tivermos indústria forte, não temos economia forte. Vamos trabalhar juntos para superar esse momento e gerar oportunidades aos capixabas”, enfatizou.

A nova presidente da Findes, em seu discurso de posse, enfatizou a solidez da economia capixaba. “Tenho plena convicção de que o Espírito Santo estará, muito em breve, entre os estados de referência do País. Temos equilíbrio fiscal, capital humano, ótimas universidades e indústrias conscientes de seu papel na sociedade. São insumos que nos ajudarão a construir uma economia cada vez mais sólida e uma indústria mais produtiva, inovadora e competitiva", disse Cristhine Samorini.

O presidente da Assembleia Legislativa, Erick Musso, citou a experiência de Cristhine Samorini. “Essa posse deixa certamente o empresariado do Espírito Santo com as melhores expectativas para que as ações desenvolvidas pela Findes avancem ainda mais. Não tenho dúvida que a busca pela excelência será um de seus pilares no comando da Federação. Ela vem demonstrando sua capacidade durante anos no comando de um dos maiores parques gráficos do Estado. Não tenho dúvida de que ela, com essa experiência, contribuirá de forma marcante para o desenvolvimento do Espírito Santo. Com sensibilidade e visão de futuro, certamente vai fazer história”, afirmou.

O coordenador da bancada federal capixaba, o deputado Federal Josias Da Vitoria, parabenizou a nova presidente. “A bancada tem na Findes uma instituição parceira no debate dos projetos nacionais que trazem investimentos e emprego para o Espírito Santo. A Nova Lei do Gás, que está em discussão, a Reforma Tributária, que também faz parte da pauta, os investimentos em infraestrutura são algum dos temas que vamos manter e aprofundar o diálogo com a Federação para uma melhor construção legislativa. Deixo também meu reconhecimento ao trabalho realizado pelo Léo de Castro ao longo dos últimos anos”, disse.

O ex-presidente Léo de Castro enfatizou o trabalho realizado nesses últimos três anos e desejou sucesso à nova presidente:

“Ao longo desses três anos, conseguimos colocar em pauta no debate estadual, na agenda da indústria e da sociedade capixaba, temas como produtividade, competitividade, importância da infraestrutura, melhoria do ambiente de negócios e inovação como vetor de crescimento. Cumprimos a nossa agenda buscando sempre o diálogo e a convergência de interesses e de propósitos com o poder público e a sociedade, em todas as esferas: Executivo, Legislativo e o Judiciário. Recuperamos o papel histórico original desta Federação, de formuladora de políticas de desenvolvimento para o Espírito Santo. Buscamos ser um agente de propostas e de mudanças, apontando caminhos baseados em fatos e dados”, relatou.

Léo de Castro prosseguiu: “Com a liderança do governador Renato Casagrande, ultrapassamos a fronteira do Espírito Santo e fizemos um plano estratégico com Minas Gerais, uma iniciativa inédita, que beneficia não somente mineiros e capixabas: beneficia todo o país, com investimentos previstos de R$ 56 bilhões. Mudamos o estatuto da Federação, acabamos com a reeleição, criamos a figura de um diretor geral profissional e instituímos um conselho com 11 integrantes, sendo dois externos, com olhar mais independente. Essas medidas contribuem para a profissionalização do sistema e possibilitaram o momento atual de transição para a nova gestão da Cris Samorini”, disse o ex-presidente.

Estiveram presentes na solenidade os secretários de Estado de Governo, Tyago Hoffmann; de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc; da Fazenda, Rogélio Pegoretti; de Ciência e Tecnologia, Cristina Engel; de Mobilidade e Infraestrutura, Fabio Damasceno; e de Desenvolvimento, Marcos Kneip; além do presidente do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo, Maurício Duque, e lideranças empresariais. Outras lideranças políticas e do setor econômico também acompanharam o evento de forma virtual.

Assessoria de Comunicação do Governo

Clique aqui e receba nossos conteúdos diariamente




Nenhum comentário