Últimas

Pacientes que sobrevivem à Covid-19 podem desenvolver anticorpos que atacam o próprio corpo

 


Um estudo publicado na última semana aponta que alguns sobreviventes da Covid-19 carregam sinais preocupantes de que seus sistemas imunológicos se transformaram e passaram a atacar a si próprios. Os pacientes estão produzindo moléculas chamadas de “autoanticorpos”, que têm como alvo o material genético das células humanas em vez do vírus.

Esta resposta imunológica equivocada poderia agravar o estado de saúde do paciente com Covid-19, ou explicar por que alguns sobreviventes da pandemia têm outros problemas de saude meses após o vírus deixar o organismo. Os pesquisadores ainda tentam identificar por que o sistema imunológico de algumas pessoas fica tão descontrolado pelo coronavírus.

As descobertas têm implicações importantes para o tratamento: usando os testes existentes que podem detectar autoanticorpos, os médicos podem identificar pacientes que podem se beneficiar de procedimentos usados para combater lúpus e artrite reumatoide. Não há cura para essas doenças, mas alguns recursos terapêuticos diminuem a frequência e a gravidade dos surtos.


O Globo

Nenhum comentário