Últimas

Causa da morte de voluntário da vacina CoronaVac foi suicídio, diz polícia

Anvisa suspendeu testes da CoronaVac no Brasil na segunda-feira (9) após 'evento adverso grave'. Em coletiva de imprensa nesta terça (10), o governo de SP disse que era impossível relacionar o óbito ao imunizante. Policiais militares encontraram vítima no banheiro ao lado de seringas e ampolas de remédio, de acordo com boletim de ocorrência.

A causa da morte do voluntário da vacina CoronaVac, que teria feito a Anvisa suspender os testes com a vacina, foi suicídio, segundo boletim de ocorrência obtido pela TV Globo nesta terça-feira (10). A vacina é produzida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo.

Pouco depois da causa da morte do voluntário ser divulgada, o diretor-presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, afirmou em coletiva que “não havia essa informação [de que o voluntário se suicidou] entre as que recebemos ontem [segunda-feira]".

De acordo com o boletim de ocorrência registrado às 16h02 de 29 de outubro em uma delegacia da Zona Oeste de São Paulo, policiais militares foram acionados pelo rádio para uma "ocorrência de encontro de cadáver". Ao chegarem ao apartamento, os policiais foram recebidos pelo zelador do prédio mostrou a vítima desmaiada no chão do banheiro com uma seringa perto do braço e diversas ampolas de remédio. O corpo do jovem de 32 anos foi para o Instituto Médico Legal (IML).

O laudo necroscópico deve ser divulgado depois porque, neste caso, o resultado depende do exame toxicológico, que demora mais tempo para ficar pronto.

Entenda o caso:

A Anvisa suspendeu, na segunda (9), os testes da CoronaVac citando um "evento adverso" com um voluntário;
O evento adverso foi a morte de um voluntário;
O Butantan, que desenvolve à vacina, se disse surpreso: 'É impossível a vacina ter relação com o evento adverso', disse o diretor do órgão;
Pela manhã, Bolsonaro comemorou a pausa no teste: 'Mais uma que Bolsonaro ganhou';
No início da tarde, soube-se que o voluntário se suicidou.



Laudo apontou suicídio como causa da morte de voluntário da CoronaVac — Foto: Reprodução


G1

Nenhum comentário