Últimas

Contemplados pelo Bolsa Atleta são destaque em competições esportivas dentro e fora do Estado

 

O surfista Krystian Kymerson, a piloto de enduro Késsia Tristão e a ginasta Amanda Rezende, todos contemplados pelo programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), brilharam em competições esportivas realizadas nesse final de semana.

Principal surfista capixaba e um dos nomes com maior potencial do surf brasileiro, Kymerson conquistou o segundo lugar no Maresias Pro Taíba, evento organizado pela Federação de Surf do Ceará, disputado na Praia de Taíba, em São Gonçalo do Amarante.

A partir desta quarta-feira (25), ele retorna a mesma praia para disputar a segunda etapa do circuito Brasileiro de Surf Profissional, evento organizado pela Confederação Brasileira de Surf, e que definirá os campeões brasileiros de 2020 da modalidade.

Bicampeã brasileira de enduro, Késsia Tristão largou na frente na busca pelo terceiro título da modalidade. A atleta venceu três das quatro etapas do Circuito Brasileiro de Enduro, disputado na Bahia, somou 75 dos 100 pontos possíveis e agora precisa apenas uma vitória nas últimas quatro etapas para se sagrar tricampeã.

A competição volta a ser disputada entre os dias 12 e 13 de dezembro, em Campos do Jordão, interior de São Paulo.

Ginástica

Já a ginasta Amanda Rezende se destacou durante o Campeonato Estadual de Ginástica Rítmica, disputado durante o final de semana, no Tancredão, em Vitória. A ginasta, que faz parte da categoria estudantil do programa, ficou em primeiro lugar geral, na categoria juvenil, além do primeiro lugar nas maças e o segundo lugar nas bolas.

“Neste ano, a preparação para as competições foi muito difícil, por causa da pandemia, mas o Bolsa Atleta foi determinante para que essa preparação fosse melhor. Consegui apoio profissional com nutricionista, ambiente para treinamento e custo com aparelhos. Estou muito feliz, pois alcancei meu melhor resultado”, contou Amanda Rezende.


Bolsa Atleta

Neste ano, o Programa Bolsa Atleta beneficia 121 atletas e paratletas de alto rendimento, com o auxílio financeiro mensal que varia de acordo com a categoria do atleta, dentro do edital, sendo R$ 500 (estudantil), R$ 1.500 (nacional), R$ 2 mil (internacional) e R$ 4 mil (olímpico). O investimento total da Secretaria de Esportes e Lazer no programa é de R$ 2,1 milhões.

O valor recebido pelo atleta pode ser utilizado para cobrir gastos com alimentação, assistência médica, odontológica, psicológica, nutricional e fisioterápica, medicamentos, suplementos alimentares, transporte urbano ou para participar de treinamentos e competições, além da aquisição de material esportivo.


Governo do ES