Últimas

Atividades de campanha eleitoral que geram aglomerações estão proibidas em todos os municípios do ES

Devido ao crescimento dos números da pandemia nos últimos dias, o governo do Estado, por meio da SESA, publicou Nota Técnica proibindo caminhadas, passeatas e outros eventos que geram aglomeração de pessoas.

O Secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, anunciou, ontem, dia 04, a publicação da Nota Técnica covid19 nº 85/2020, com recomendações de medidas de prevenção da transmissão de covid-19 a serem realizadas pela população e pelos candidatos no período da campanha eleitoral 2020. O TER-ES também trabalha com reforço das ações disciplinares e fiscalizadoras, visto que, em alguns municípios do Estado, principalmente na Grande Vitória, vários candidatos testaram positivo para Covid-19 neste período da campanha eleitoral.

“O que pode ocorrer nas próximas semanas é que a ocupação hospitalar dos leitos passando de 50% é possível que alguns municípios capixabas voltem para o risco moderado. E, então, podemos voltar a ter restrições de algumas atividades sociais e econômicas, em especial nos períodos noturnos e finais de semana. As medidas de fato reduzem a interação e diminuem a pressão sobre a rede de serviços de saúde. Elas permitem que, preservando parcialmente suas funcionalidades, as atividades econômicas e sociais possam coexistir com a atual fase de evolução da pandemia no estado do Espírito Santo”, falou Nésio.

 

Secretário falou das aglomerações nas Campanhas Eleitorais

“Identificamos ao longo das últimas semanas um comportamento durante as campanhas eleitorais de desrespeito ao Decreto (4736-R) do governador Renato Casagrande, no que diz respeito a algumas atividades. A Secretaria de Estado da Saúde realizou a atualização de Notas Técnicas elaboradas ao longo da pandemia, entre elas a da Vigilância (nº 083/2020) para que, junto ao Tribunal Regional Eleitoral, de maneira explícita e clara, as atividades de campanha que levam a aglomeração de pessoas estejam terminantemente proibidas em todo o território capixaba a partir do dia de hoje”.

“Não queremos deixar dúvidas e queremos alertar a toda sociedade que o comportamento social que leve a aglomeração de pessoas, no momento em que estamos vivendo pressão assistencial, não é possível de ser tolerado”.

 “Tanto o Tribunal Regional Eleitoral, a Secretaria da Saúde, a Secretaria de Segurança Pública e outros órgãos de controle estarão disciplinando, fiscalizando o comportamento por parte das candidaturas dos partidos políticos às normas já estabelecidas no estado do Espírito Santo”.

“As restrições não são aplicáveis somente ao município de risco moderado e alto. Elas serão aplicadas, a partir do dia de hoje, de maneira explícita, aos municípios capixabas que se encontram em qualquer risco, seja baixo, moderado ou alto”.


(Noroeste News - Com informações da SESA)




Nenhum comentário