Últimas

SEDH divulga resultado final da seleção de projetos do Edital de Boas Práticas

A Secretaria de Direitos Humanos (SEDH) divulgou, nesta quarta-feira (18), o resultado do Edital de Seleção de Projetos de Boas Práticas em Direitos Humanos e no Campo das Políticas sobre Drogas. O resultado foi publicado no Diário Oficial do Estado. Confira AQUI.

Ao todo, foram contemplados 14 projetos, divididos em três eixos temáticos, com prêmios no valor de R$ 25 mil cada. Há três na lista de suplência. O edital foi organizado pela SEDH, por meio da Subsecretaria de Políticas Sobre Drogas (SESD) e da Subsecretaria de Proteção, Promoção e Defesa dos Direitos Humanos (SubDH).

O edital tem como objetivos apoiar e fortalecer as boas práticas para a promoção da cidadania, do respeito aos direitos humanos e da valorização da diversidade, e a desconstrução de todas as formas de intolerância, discriminação e preconceito. Também visa ao fortalecimento dos fatores de proteção que evitem ou diminuam o uso de drogas e os efeitos nocivos advindos desse uso, minimizando os fatores de risco para o uso de drogas.

Os proponentes selecionados serão convocados para comparecer pessoalmente à Secretaria de Direitos Humanos, em data e horário agendados, para a apresentação de uma lista de documentos (conferir abaixo) e assinatura do Termo de Compromisso, conforme modelo previsto no Anexo IX do Edital.


Confira a lista de documentos:

Pessoa física:

  • Cópia da Cédula de Identidade;
  • Cópia do CPF;
  • Cópia do comprovante de residência no Estado do Espírito Santo, sendo 01 (um) comprovante do exercício atual (do mês de comparecimento à SEDH) ou de 01 (um) ou 02 (dois) meses anteriores em nome do proponente (conta de água, energia, telefone, condomínio e outros comprovantes aceitos pela Comissão que comprovem efetivamente a residência) e no mesmo endereço indicado na inscrição do projeto;
  • Prova de regularidade com a Fazenda Pública Federal (que poderá ser obtida nos sítios oficiais na internet);
  • Prova de regularidade com a Fazenda Pública Estadual do Espírito Santo (que poderá ser obtida nos sítios oficiais na internet);
  • Prova de regularidade com a Fazenda Pública Municipal do domicílio do proponente (que poderá ser obtida nos sítios oficiais na internet);
  • Prova de regularidade de com a Justiça Trabalhista, comprovando a inexistência de débitos trabalhistas (que poderá ser obtida nos sítios oficiais do Tribunal Superior do Trabalho, Conselho Superior da Justiça do Trabalho e Tribunais Regionais do Trabalho, na internet);
  • Indicação do banco, agência e conta bancária, preferencialmente do Banco Banestes, por meio da cópia de documento em que constem essas informações (cartão, extrato, etc.) para depósito e movimentação dos recursos transferidos pela SEDH, para fins deste Edital. Não é permitida a indicação de conta-salário.

 

Pessoa jurídica:

  • Cópia do ato constitutivo ou estatuto em vigor, devidamente registrado. Cópia da inscrição do ato constitutivo, no caso de sociedades civis, acompanhada de prova da diretoria em exercício;
  • Prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ;
  • Cópia da Cédula de Identidade do representante legal da pessoa jurídica;
  • Cópia do CPF do representante legal da pessoa jurídica;
  • Cópias dos comprovantes de que a empresa está sediada no Estado do Espírito Santo, sendo 01 (um) comprovante do exercício atual (do mês de comparecimento à SEDH) ou de 01 (um) ou 02 (dois) meses anteriores, em nome da empresa proponente (conta de água, energia, telefone, e outros comprovantes aceitos pela Comissão) e no mesmo endereço indicado na inscrição do projeto. Não serão aceitos comprovantes de endereço em nome de terceiros;
  • Prova de regularidade com a Fazenda Pública Federal (que poderá ser obtida nos sítios oficiais na internet);
  • Prova de regularidade com a Fazenda Pública Estadual do Espírito Santo (que poderá ser obtida nos sítios oficiais na internet);
  • Prova de regularidade com a Fazenda Pública Municipal do domicílio ou sede da pessoa jurídica proponente (que poderá ser obtida nos sítios oficiais na internet);
  • Prova de regularidade com o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS (que poderá ser obtida nos sítios oficiais na internet);
  • Prova de regularidade de com a Justiça Trabalhista, comprovando a inexistência de débitos trabalhistas (que poderá ser obtida nos sítios oficiais do Tribunal Superior do Trabalho, Conselho Superior da Justiça do Trabalho e Tribunais Regionais do Trabalho, na internet);
  • Indicação do banco, agência e conta bancária, preferencialmente do Banco Banestes, através de cópia de documento em que constem essas informações (cartão, extrato, etc.) para depósito e movimentação dos recursos transferidos pela SEDH, para fins deste Edital. Os contemplados que indicarem documentos de MEI deverão indicar conta de pessoa jurídica (com CNPJ).

 


Assessoria de Comunicação da SEDH

Nenhum comentário