Últimas

Evento discute caminhos para retomada das atividades econômicas no Estado

 


Ao final de cada ano, é comum fazermos uma análise do que vivenciamos e criar projetos, metas e cenários possíveis para o próximo ano. Com expectativa de maior flexibilização das, necessárias, medidas de isolamento deste ano, lideranças da iniciativa pública e privada se reúnem, a partir desta quarta-feira (02), até a sexta-feira (04), no Vitória Summit 2020, evento destinado a discutir o planejamento das atividades de retomada econômica no Espírito Santo.

O evento é organizado pela Rede Gazeta e conta com apoio do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) e com a presença de sua Diretoria e área comercial. O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, e o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Roberto Barroso, são presenças confirmadas na programação. O Vitória Summit 2020 terá programação presencial restrita e painéis on-line transmitidos para os empresários do Estado. Serão discutidos projetos de diversas naturezas que impactam a vida e o cotidiano da população, como a retomada das atividades produtivas, em suas diferentes vertentes, por exemplo, as medidas sanitárias e a realização de novos investimentos em obras e logística.

O diretor-presidente do Bandes, Maurício Cézar Duque, destaca a união de esforços para buscar formas de transformar politicas públicas em ações de desenvolvimento socioeconômico para todos os capixabas.

“O cenário mudou, houve diversos fatores novos que impactaram nossa forma de viver, de produzir e de se relacionar em sociedade. Por isso, as medidas que deverão ser tomadas devem ser bem estudadas e discutidas, tanto pelo poder público quanto pela iniciativa privada. O ato de planejar estas ações em um evento é importante em vários aspectos, pois trata-se do processo de estabelecer metas, que exigem organização e disciplina em prol do desenvolvimento do Espírito Santo”, afirma Duque.

Ainda segundo o diretor-presidente do Bandes, o momento é propício para discutir projetos transformadores de futuro.

“Essas discussões são de extrema relevância para a estruturação da retomada econômica nos próximos anos. No campo nacional, o fato é que a economia do Brasil está estagnada faz alguns anos, em virtude de decisões macroeconômicas equivocadas que levaram, entre outros pontos, a uma queda de nossa produtividade. E muitos dos desafios que o País tem que superar para elevar seus indicadores passam pela arena política, com estabilidade nas relações institucionais e um conjunto de reformas, a exemplo da administrativa e tributária”, explica Duque.


Governo ES