Últimas

Incaper vence em três categorias do Prêmio Inoves Ciclo 2020


O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) foi vencedor em três categorias do Prêmio Inoves Ciclo 2020 com dois projetos. Na categoria “Projeto em desenvolvimento" venceu o “Laboratório Virtual: do ensino-aprendizagem aos cientistas do amanhã”. O projeto “Elas no Campo e na Pesca: empreendedorismo, liderança e autonomia” foi vencedor nas categorias “Projeto de Resultados” e “Voto popular”. 

O projeto de laboratório virtual consiste na elaboração de uma plataforma no site do Incaper com conteúdo científico de linguagem simples, clara e objetiva, de maneira a universalizar o acervo de pesquisas desenvolvidas pelos servidores do Instituto. De acordo com o coordenador do projeto e assistente de suporte em desenvolvimento rural do Incaper, Arthur Guedes, os objetivos gerais da iniciativa são democratizar a ciência, despertar nos estudantes capixabas o interesse pela pesquisa científica, além de apoiar a transição de carreira dos pesquisadores do Instituto.

“Percebemos que a comunidade científica dialoga em escala muito reduzida com crianças, adolescentes e jovens. O projeto surgiu da inquietação de alguns dilemas do serviço público, como sucessão de carreira, atração de pessoas para a pesquisa e democratização da ciência. O laboratório virtual também busca estimular a formação de novos cientistas, levando a ciência ao cotidiano das pessoas”, disse Arthur Guedes. 

“Outra vantagem da iniciativa é a aproximação entre instituições de ensino e pesquisa no processo de aprendizagem. A ideia é que o laboratório seja um canal estruturado para fazer a interlocução e reduzir a distância entre as organizações. Toda a equipe que compõe o projeto está imensamente feliz com essa premiação, que contribui para a valorização do servidor e para o reconhecimento de novas práticas de gestão”, completou Guedes.

O projeto "Elas no Campo e na Pesca" é desenvolvido em união da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) com o Incaper e tem o objetivo de promover a visibilidade e valorização do trabalho feminino e a autonomia econômica e financeira das mulheres, por meio da assistência técnica, do acesso ao crédito e políticas públicas, e do apoio ao empreendedorismo, associativismo, cooperativismo e comercialização. 

“Ganhar o Prêmio Inoves em duas categorias foi uma grande emoção e sentimento de que estamos no caminho certo. Agradeço o empenho e a dedicação de toda a equipe, principalmente a todos os agentes de extensão envolvidos no projeto”, disse a coordenadora do projeto "Elas no Campo e na Pesca", Patrícia Ferraz.

A gestora operacional do projeto e extensionista do Incaper, Alessandra Maria da Silva, destacou que o "Elas no Campo e na Pesca" tem o diferencial de prestação em Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) especializada.

“Os técnicos foram capacitados em Ater para mulheres com base no desenvolvimento da consciência de gênero e no atendimento diferenciado, a partir das necessidades das mulheres. Isso tem contribuído para a mudança de comportamento tanto dos técnicos quanto das próprias beneficiárias do projeto. Essa premiação traz o reconhecimento dessa nova forma de Ater, além de nos motivar ainda mais para a realização de ações que contribuam, de fato, para o desenvolvimento rural mais justo, com equidade de gênero”, enfatizou Alessandra Maria da Silva.

A premiação aconteceu por meio de cerimônia virtual realizada nessa terça-feira (22), com a condução do governador do Estado, Renato Casagrande. O diretor-presidente do Incaper, Antônio Machado, destacou as conquistas como uma grande satisfação por ter o Instituto representado com "ideias e servidores brilhantes". 

“São projetos inovadores que promovem maior conhecimento do trabalho realizado pelo Incaper. Tivemos ainda diversos projetos finalistas que demonstraram a potencialidade do trabalho de nossos incríveis servidores. Parabenizo toda a equipe dos projetos que, em um momento de dificuldade, se superaram e apresentaram para a sociedade que é possível desenvolver ações que impactam positivamente”, frisou Antônio Machado.

O Incaper teve ainda outros quatro projetos finalistas no Prêmio Inoves Ciclo 2020. Na categoria “Ideia” foi finalista o projeto “Mulheres pela paz: Ação conjunta pelo enfrentamento à violência contra mulheres e pela igualdade de gênero no campo”. O “Projeto Dom Helder Câmara: desenvolvimento rural sustentável no combate à pobreza” foi finalista na categoria “Projeto em Desenvolvimento”. Já na categoria “Projeto de Resultados”, foram finalistas os projetos “Agrofloresta Sintrópica: alimentos saudáveis e alternativa sustentável para convivência com a seca do Espírito Santo” e "Contribuição das cultivares Japira e Vitória para a bananicultura". 

Sobre o Prêmio Inoves 

O Prêmio Inoves é um programa do Governo do Estado do Espírito Santo que estimula o desenvolvimento de uma cultura de inovação e empreendedorismo no serviço público capixaba. Por meio de ações de fomento, sensibilização, capacitação, orientação técnica, apoio financeiro, avaliação, reconhecimento e disseminação de práticas inovadoras de gestão, o Inoves contribui para a modernização da Administração Pública e para a valorização do servidor.

No contexto do programa, o Prêmio Inoves destaca e premia trabalhos inovadores, desenvolvidos por equipes de profissionais do serviço público, que modernizam a gestão, melhoram a vida do usuário (cidadão e/ou servidor) e transformam a realidade da gestão pública. O objetivo principal é reconhecer os resultados potenciais e concretos, gerados por iniciativas capazes de produzir serviços públicos de qualidade, reduzindo gastos e gerando satisfação para a sociedade e para o próprio servidor, de modo efetivo, criativo e com possibilidades de multiplicação.


Governo ES

Nenhum comentário