Últimas

Produtores devem atualizar cadastro no Idaf para utilizar sistema e emitir GTA

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) alerta que os criadores de animais deverão atualizar, até o dia 14 de janeiro de 2021, seu cadastro no Sistema de Integração Agropecuária (Siapec), disponível no site do órgão: www.idaf.es.gov.br/siapec.

A atualização é obrigatória e está condicionada à utilização do sistema pelos produtores. Ou seja, aqueles que não atualizarem o cadastro ficarão impossibilitados de acessar o sistema e emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA) on-line, documento obrigatório para transporte de animais. Também não será possível realizar outras atividades de defesa sanitária animal, como comprovação de vacinação contra febre aftosa, atualização do rebanho, entre outras.

Para o cadastro, deverão ser informados dados, como: nome completo, CPF, RG, e-mail, telefone, endereço e coordenadas geográficas da propriedade. Além disso, deverão ser anexadas cópias dos documentos do produtor (JPG ou PDF), que poderão ser fotografados pelo celular, desde que garantida a boa visualização.

De acordo com o gerente de Defesa Sanitária e Inspeção Animal do Idaf, Raoni Cezana Cipriano, a migração será necessária para atualização do software atualmente utilizado. “Além do acesso também pelo celular, a mudança garantirá a oferta de um serviço mais ágil, com a inclusão de novas funcionalidades, que visam facilitar o acesso dos usuários. É importante que os produtores se programem, uma vez que o sistema estará indisponível entre os dias 15 e 17 de janeiro. Excepcionalmente por conta da transição, as GTAs emitidas no dia 14 terão a validade ampliada até o dia 19”, explicou Cipriano.

Veterinários e lojas agropecuárias

O Idaf destaca que o cadastro de lojistas de revendas agropecuárias e médicos-veterinários que atuam como responsáveis técnicos também é obrigatório, já que eles deverão inserir informações no sistema, como nota fiscal de compra de vacina, lançamento de GTA, entre outras atividades.

Cabe lembrar que a emissão de GTA on-line pelo produtor é exclusiva para o transporte intraestadual (dentro do estado) de bovinos, bubalinos, ovinos e caprinos, com a finalidade de abate, engorda e reprodução. Para o transporte de aves e suínos, o médico-veterinário, responsável técnico e habilitado, pode emitir as GTA. Nos demais casos, o produtor deverá procurar um escritório do Idaf para emissão da Guia.

 

Governo ES