Últimas

Projetos de escolas da Rede Estadual são premiados em feira internacional

Escolas da Rede Estadual que participaram da Feira Internacional Copa Tecnociencias Paraguay 2020 foram premiadas pelos projetos inscritos, entre eles, “Viver no campo e do campo: produzindo alimentos saudáveis”, desenvolvido pela Escola Estadual de Ensino Fundamental (EEEF) XIII de Setembro, localizada em São Mateus, que conquistou o 1º Lugar na categoria ‘Biologia, estudantes de 8 a 12 anos – Exploradores das Ciências’.

O evento aconteceu totalmente on-line devido à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). As inscrições foram realizadas por meio de um formulário no Google Forms, disponibilizado nas redes sociais do evento e grupo de WhatsApp. Após inscrição e validação pela comissão organizadora do evento, o trabalho foi disponibilizado para os avaliadores, que realizavam a análise dos projetos por meio do vídeo de apresentação dos estudantes, diário de bordo e o projeto escrito.

Após essa etapa, a comissão organizadora marcou lives pelo Google Meet, nas quais os estudantes apresentaram o projeto para a banca avaliadora. Nesse momento, ocorreu a interação entre o professor orientador, professor avaliador, comissão organizadora e os estudantes.

Foram inscritos projetos do Brasil, Argentina, Bolívia, Colômbia, Panamá, Peru, Porto Rico, México, Paraguai e Uruguai. Do Brasil, o Estado que mais teve projetos classificados foi o Espírito Santo. Foram quatro projetos oriundos das escolas da Regional de Educação de São Mateus. E um oriundo da Regional de Educação de Barra de São Francisco.

Conheça os projetos e suas respectivas classificações:

EEEF Valdício Barbosa dos Santos: Práticas sustentáveis no Cultivo do café conilon na EEEF “Valdício Barbosa dos Santos”; (3º Lugar na categoria Consciência Ecológica, estudantes de 13 a 15 anos);

EEEF XIII de setembro: “Criação de minhocas: Processos de reciclagem de resíduos orgânicos; (2º Lugar na categoria Consciência Ecológica, estudantes de 13 a 15 anos);

EEEF Corrego do Cedro: “Chuva verde: Monitoramento de bioindicadores de recuperação ambiental da floresta estacional semidecidual na comunidade agrícola Paulo Vinhas através da chuva de sementes. (1º Lugar na categoria Consciência Ecológica, estudantes de 13 a 15 anos);

EEEF XIII de setembro: “Viver no campo e do campo: Produzindo alimentos saudáveis”; (1º Lugar na categoria Biologia, estudantes de 8 a 12 anos – Exploradores das Ciências);

EEEFM José Teixeira Fialho “Calcular mais cozinhar, igual a arte de reaproveitar”; (2º Lugar na categoria Ciências Sociais e Humanidades – Ações cidadãs – Estudantes de 16 a 18 anos de idade.

Além das classificações, os projetos foram credenciados a outras feiras da América do Sul e Central.

O superintendente de Educação da Regional de São Mateus, Jailson Maurício Pinto, agradeceu a todas escolas que atenderam à solicitação e fizeram a inscrição dos projetos. “E como consequência, tivemos todos os projetos premiados e reconhecidos. É a Educação Pública do Espírito Santo sendo reconhecida por suas práticas exitosas, sendo reconhecida por meio da Pedagogia de projetos e temas geradores”, disse Jailson Maurício.


Governo ES

Nenhum comentário