Últimas

Edital Aberto: Fapes investe R$ 7,5 milhões em projetos de todos segmentos da comunidade científica

Um total de R$ 7,5 milhões serão destinados pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) em projetos de pesquisa científica, tecnológica ou de inovação, por meio do Edital Universal (EDITAL FAPES Nº 03/2021), aberto nesta sexta-feira (19).

O recurso financeiro, oriundo do Fundo Estadual de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Funcitec), é o maior já investido pela Fapes nesta modalidade de edital. A chamada contempla projetos de todas as oito áreas de conhecimento, definidas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). São elas: Ciências Agrárias; Engenharias; Ciências Exatas e da Terra; Ciências Humanas; Linguística, Letras e Artes; Ciências da Saúde; Ciências Sociais Aplicadas e Ciências da Vida.

Projetos coordenados por pesquisadores mestres ou doutores, vinculados a Instituições Científicas, Tecnológicas ou de Inovação (ICTs), públicas ou privadas sem fins lucrativos, localizadas no Espírito Santo, podem ser submetidos por meio do Sistema de Informação e Gestão de Projetos de Pesquisa (SigFapes), pelo site www.sigfapes.es.gov.br, até as 17h59 do dia 19 de abril de 2021.

As propostas devem ter prazo de execução de 24 meses e estarem inscritas em uma das seguintes faixas: A) Exclusiva para coordenadores (as) Mestres; B) Exclusiva para coordenadores (as) Doutores (as), com título obtido há no máximo 10 anos; e C) Exclusiva para coordenadores (as) Doutores (as), com título obtido há mais de 10 anos.

Os projetos poderão ter valor individual de R$ 45 mil a R$ 80 mil, a depender da faixa inscrita. Os recursos podem ser utilizados para custeio, capital e bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica (ICT) e de Apoio Técnico Nível Superior (AT-NS). Vale destacar que, no caso das faixas B e C, também poderão ser financiadas bolsas de Mestrado (ME).


Interior

Estimulando a interiorização das atividades de pesquisa no Espírito Santo, 30% dos recursos financeiros disponibilizados para o EDITAL FAPES Nº 03/2021 – Universal deverão ser destinados, prioritariamente, a projetos coordenados por pesquisadores vinculados a instituições localizadas fora da Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV).

Para a definição da ordem de classificação das propostas, por faixa, também serão consideradas as áreas de conhecimento inscritas, de modo que todas as grandes áreas com propostas submetidas tenham, ao menos, uma proposta contemplada, caso haja recurso financeiro disponível para tal.


Maternidade

Outra novidade importante do edital é a aplicação da resolução CCAF nº 278, de 03 de dezembro de 2020, que estabelece critérios específicos de avaliação da produção técnico-científica, em razão do advento de prole. Ou seja, as pesquisadoras que se tornaram mães até cinco anos antes da data de publicação do edital, podem receber acréscimo de um ou dois anos no período considerado para a análise da produtividade.


Governo ES

Nenhum comentário