Últimas

Nova resolução amplia grupo de trabalhadores da saúde contemplados com a imunização contra a Covid-19


A Secretaria da Saúde publicou no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (03), uma nova resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) relacionada à priorização de grupos dos trabalhadores da saúde capixaba para a imunização da Campanha de Vacinação contra a Covdi-19 no Espírito Santo.

Com a Resolução Nº011/2021, pactuada entre Estado e municípios, há o acréscimo da priorização de trabalhadores acima dos 60 anos de idade, como forma de se prevenir situações de agravamento e morte deste público. Já estão contemplados os profissionais vacinadores envolvidos na Campanha de Vacinação contra a Covid-19; trabalhadores das Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI’s); trabalhadores das instituições das pessoas com deficiência (residências inclusivas); trabalhadores dos hospitais e maternidades; trabalhadores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192) e equipes de remoção de pacientes com suspeita de Covid-19; trabalhadores das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs e PAs); trabalhadores da Atenção Primária em Saúde (APS); trabalhadores dos laboratórios: LACEN, laboratórios que fazem RT-PCR Covid-19 e demais laboratórios; trabalhadores da Vigilância em Saúde e outras áreas envolvidas em investigações de campo, relacionadas à Covid.

“O Estado vem trabalhando com priorizações de grupos dentro da população de trabalhadores da saúde, uma vez que ainda não recebemos doses suficientes para imunizar 100% deste público. Num primeiro momento, foram priorizados os trabalhadores da linha de frente ao atendimento de casos da Covid-19, e com disponibilidade de novas doses, iremos, por meio de pactuações, ampliar este quantitativo, assim como trabalhadores da saúde da iniciativa privada, de consultórios, até complementar 100%”, destacou a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis da Secretaria da Saúde (Sesa), Danielle Grillo.

Em relação à execução da imunização, Danielle Grillo ressalta que a ação é realizada pelos municípios, mas que o Estado tem trabalhado em parceria na coordenação das estratégias, com orientações e recomendações, como ações extramuros e, em caso de ações dentro dos serviços de vacinação, que sejam realizadas estratégias como agendamento on-line ou telefônico, além de outras estratégias previstas no Plano Estadual de Operacionalização da Vacinação Covid-19.

Além disso, os trabalhadores da saúde para receber a vacina nos serviços de vacinação devem levar documento comprobatório de que pertencem ao grupo prioritário, tais como: crachá do serviço de saúde, contracheque, carteira de trabalho, carteira do conselho de classe ou contrato de trabalho.

Para acessar à nova Resolução CIB Nº011/2021, Clique aqui


Novas doses de vacina contra a Covid-19

A Secretaria da Saúde ainda não recebeu oficialmente por parte do Ministério da Saúde informações em relação a data de envio e quantitativo de doses do novo lote de vacinas a serem encaminhados ao Estado.  Entretanto, o órgão federal pactuou com os estados brasileiros que o envio da próxima remessa de imunizantes será destinado a atender 100% da população acima dos 90 anos e mais 8% de doses para dar continuidade à imunização dos trabalhadores da saúde.

 

Governo ES