Últimas

Bloqueio do Bolsa Família é adiado; veja até quando


O Ministério da Cidadania publicou uma portaria que autoriza o governo adiar suspensões de revisões cadastrais e procedimentos de bloqueio do Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Portanto, mesmo que haja irregularidades no Cadastro Único (CadÚnico), o cidadão ainda poderá receber o benefício. A suspensão é válida pra várias situações, como averiguação e revisão cadastral e ações de bloqueio e cancelamento de benefícios financeiros decorrentes a quebras de regras.

De acordo com a portaria, o objetivo das suspensões de bloqueio é para “evitar aglomerações e exposição à infecção por covid-19 de integrantes de famílias beneficiárias, de pessoas em busca de atendimento para cadastramento, e também de cidadãos que trabalham em unidades de cadastro”.

O CadÚnico é uma importante base de dados que identifica cidadãos vulneráveis que precisam de ajuda assistencial. Para o cadastro no programa, as famílias têm que corresponder um dos seguintes critérios: ter renda de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 550), ter até três salários mínimos (R$ 3.300) ou ter uma renda superior a três salários mínimos, desde que estejam requerendo algum programa social.

Vários programas sociais dependem de inscrição no CadÚnico, dentre eles estão os seguintes:
- Bolsa Família
- BPC/Loas
- Carteira do Idoso (gratuidade do transporte interestadual)
- Isenção da inscrição em concursos públicos
- Isenção de inscrição no Enem
- Tarifa Social de Energia Elétrica
- Gratuidade de Serviço Funerário
- Leve Leite
- Viva Leite
- Passe Livre

O responsável familiar deve obrigatoriamente atualizar a inscrição do Cadastro a cada dois anos ou sempre que ocorrer alguma mudança referente aos dados nele registrados. Essas mudanças podem ser caracterizadas como número de membros na família, renda e trabalho, endereço, entre outros, para que assim, possa haver a solicitação de benefícios.

NOVO pagamento do Bolsa Família está próximo

Enquanto o novo formato do auxílio emergencial ainda não é lançado, o calendário de pagamentos do mês de março do Bolsa Família já foi definido! O próximo pagamento será liberado em 9 dias, a contar desta terça, 09 de março.

Segundo o calendário divulgado pela Caixa Econômica Federal, que liberou o cronograma com datas do programa Bolsa Família, os cadastrados começarão a receber as parcelas do benefício a partir do dia 18 de março (quinta-feira) e seguirão até o dia 31 (quarta-feira).

- os inscritos que tem Número de Identificação Social com final 1 – dia 18 (quinta-feira);

- aqueles cujo NIS termina em 2 – dia 19 (sexta-feira);

- os inscritos que tem NIS com final 3 – dia 22 (segunda-feira);

- aqueles cujo NIS termina em 4 – dia 23 (terça-feira);

- os inscritos que tem NIS com final 5 – dia 24 (quarta-feira);

- aqueles cujo NIS termina em 6 – dia 25 (quinta-feira);

- os inscritos que tem NIS com final 7 – dia 26 (sexta-feira);

- aqueles cujo NIS termina em 8 – dia 29 (segunda-feira);

- inscritos que tem NIS com final 9 – dia 30 (terça-feira);

inscritos que tem NIS com final 0 -  dia 31 (quarta-feira).


NotíciasConcursos