Últimas

ES negocia compra de R$ 200 milhões em vacinas; meta é imunizar toda a população


Atualmente, mais de 268 mil doses de vacinas contra a covid-19 foram aplicadas em cerca de 120 mil capixabas, de acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Profissionais de Saúde, idosos e indígenas fazem parte do grupo prioritário, que avança na medida da oferta de novas doses. No entanto, segundo o secretário Nésio Fernandes, a meta é que toda a população capixaba seja imunizada ainda neste ano e, para isso, há a disponibilidade de R$ 200 milhões.

A informação foi dada pelo próprio secretário, durante entrevista ao programa Espírito Santo no Ar, da TV Vitória/Record TV. De acordo com ele, o governo do Estado já trabalha com negociações para garantir a compra de doses diretamente com os laboratórios.

"Estabelecemos negociações com laboratórios e fornecedores, que acontecem em sigilo. Esperamos que possa ter, por parte do governo federal, a possibilidade de comprar as ofertas do mercado. Se isso ocorrer, temos a possibilidade de o Espírito Santo avançar rapidamente na imunização, pois temos a meta de, ainda neste ano, vacinar toda a população capixaba", afirmou.

Fernandes explicou que a determinação para que haja essas negociações ocorreu desde 2020, pelo governador Renato Casagrande. Segundo ele, o valor para aquisição das doses já está disponível. "Desde o ano passado foi determinado que o Espírito Santo pudesse adquirir vacinas para complementar a estratégia nacional e antecipar etapas do Plano Nacional de Vacinação. Foi anunciada a disponibilidade de R$ 200 milhões para compras de vacinas", afirmou.

Governador visita representante da Sputinik V

O governador Renato Casagrande e outros 17 governadores realizam, nesta terça-feira (02), uma visita a sede da empresa União Química, em Brasília, que representa a vacina russa Sputinik V no Brasil. O encontro ocorre após acusações, por parte do presidente Jair Bolsonaro, de que governadores estão "fechando os estados".

O governador divulgou um vídeo na manhã desta segunda (1) em que afirma que a prioridade é salvar vidas e que ele e demais gestores querem comprar, além da vacina russa, qualquer vacina disponível no mercado e ampliar o contato com mais fornecedores, indo além daqueles que já estão em negociação com o governo federal.

"Vamos ter reuniões com o embaixador da China e também com o embaixador da Índia para viabilizar mais vacinas. Se o governo federal não tiver condições de comprar, os Estados podem viabilizar mais doses", planejou. Veja abaixo o vídeo divulgado pelo governador:



Folha Vitória