Últimas

Moradores de bairro em Vila Velha sofrem com tiroteios; equipe de TV é alvo de disparo

Foto: Reprodução TV Vitória

Na manhã desta terça-feira (20), uma equipe da TV Vitória foi alvo de um disparo enquanto fazia uma reportagem no bairro Santa Rita, em Vila Velha. Moradores contaram que a disputa por pontos de tráfico e tiroteios fazem parte da rotina de violência imposta por traficantes da região. Eles relataram viver com medo e classificaram o local como "Faixa de Gaza".

Prédio com marcas de tiro

Na noite desta segunda-feira (19), mais um confronto foi registrado em Santa Rita e um homem, de 37 anos, que trabalha com reciclagem, foi vítima de uma bala perdida.

A equipe foi até o bairro para mostrar esse caso. Testemunhas contaram que a vítima havia acabado de sair do trabalho e estava indo até a casa de um parente buscar o filho. Enquanto caminhava em direção à casa, suspeitos que estavam em uma esquina começaram a atirar. O homem não teve tempo de se proteger e foi atingido nas costas. Após ser ferido, foi socorrido por moradores e levado para um Hospital de Vila Velha.

O catador de recicláveis precisou passar por uma cirurgia e segue internado, mas passa bem. Com medo de represálias, familiares não quiseram gravar entrevista, mas disseram que o homem é trabalhador e estão revoltados com a violência na região.

Poucos minutos após a equipe de reportagem chegar ao local do tiroteio, um criminoso disparou em direção aos profissionais. O cinegrafista, que estava fazendo imagens de um prédio com marcas de tiros, por pouco não foi atingido. O profissional, que tem 63 anos, acabou caindo e machucando os braços e joelhos.

Com medo de novos disparos, a equipe se abrigou em um terreno abandonado e acionou a Polícia Militar para conseguir sair do local com segurança. Antes da reportagem deixar o bairro, um morador contou que no início da manhã desta terça, suspeitos já tinham efetuado disparos no local. Para o morador, a sensação é de viver no meio do fogo cruzado.


FV