Últimas

Salário de R$ 500 mil pesa na folha e Vasco tira proveito em negócio por atacante do Grêmio

A queda do Grêmio na Libertadores causou um prejuízo gigantesco. Parte da diretoria já contava com a premiação e agora terá que encontrar novas soluções. Romildo quer reduzir a folha e novos atletas podem integrar a ‘barca’ de saídas.

O Vasco, por exemplo, contratou Vanderlei, que já havia sido avisado que não esteava nos planos do Grêmio. Michel também entrou em pauta em São Januário, mas o negócio esfriou e nenhuma das diretorias entrou em consenso. Nesta última semana, mais um medalhão foi cogitado na Colina: Diego Souza.

A informação foi divulgada em primeira mão pelos colegas do ‘Portal do Gremista’. O Sport, como todos sabem, está de olho no centroavante - informação confirmada pelo próprio presidente do Leão: “Rapaz, se dependesse de mim, ele teria voltado desde 2019. Mas vamos ver, viu. Que talvez tenha alguma oportunidade aí”, respondeu Bivar.



O site ainda noticiou que o salário de Diego no Grêmio gira em torno dos R$ 500 mil/mês. A diretoria do Grêmio dificilmente liberaria um atleta com tamanha importância na temporada. O Imortal, no entanto, não descarta um ‘enxágue’ na folha depois da queda precoce na Libertadores. O Vasco, que não é bobo, pode aproveitar o momento do Tricolor e enviar uma oferta pelo centroavante

Alguns veículos de imprensa em Porto Alegre negaram qualquer chance de saída neste momento. No Sport, Diego Souza é ídolo. Em duas passagens pelo clube, o ‘tanque’ vestiu a camisa 87, em referência à conquista do Brasileirão daquele ano. Foram 173 jogos, 57 gols e um título: Campeonato Pernambucano de 2017.


Fonte: Bola Vip