Últimas

Confirmado novo calendário da 1ª e 2ª parcela do 13º salário do INSS

O governo federal confirmou a liberação da nova rodada de pagamentos do 13º salário dos aposentados e pensionistas do INSS. De acordo com o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, o pagamento da primeira parcela será liberado nos últimos dias de maio.

Entraves do governo

A liberação do 13º salário do INSS é uma medida que já está confirmada pelo governo desde o início do ano, no entanto, o governo enfrentou vários empecilhos que acabou postergando a liberação da parcela natalina aos aposentados e pensionistas do INSS.

Devido ao atraso na votação do Orçamento 2021 de mais de três meses, além dos cortes relativos a benefícios aprovados pelo Congresso Nacional, somente no dia 22 de abril o presidente Jair Bolsonaro conseguiu sancionar o Orçamento que destrava então os gastos do governo para este ano, como a própria antecipação do 13º salário.


Projeção

A medida que fica definida para maio e junho alcançará mais de 31 milhões de aposentadas e pensionistas do INSS, no total a medida deve injetar mais de R$ 52 bilhões a economia, o que contribuirá com o momento de crise em decorrência da pandemia da Covid-19.

O direito a antecipação do 13º salário do INSS é concedido a todos segurados inscritos que recebem salário referente a aposentadoria ou pensão. Dessa forma, os segurados que recebem o BPC ficarão de fora da pasta.

Calendário de pagamentos

Conforme o divulgado pelo governo, a antecipação da primeira parcela do 13º salário ficará para o final de maio, logo o valor da antecipação será liberado com o benefício normal recebido mensalmente.

Veja então o calendário de pagamentos para a primeira e segunda parcela:


Jornal Contábil