Últimas

Governo do ES fará testagem para covid-19 no Aeroporto de Vitória


O governo do Estado deverá iniciar, nos próximos dias, testagens para a covid-19 no Aeroporto de Vitória. O anúncio foi feito pelo secretário estadual de Saúde, Nésio Fernandes, durante pronunciamento nesta terça-feira (01). O secretário, no entanto, não detalhou quando terá início a ação.

Segundo Nésio Fernandes, essa vigilância no aeroporto da capital capixaba será feita em parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

"Neste momento o Espírito Santo tem condições de poder dar passos mais ousados na testagem em terminais. Estamos preparando condições para poder iniciar também uma vigilância, em parceria com a Anvisa, no Aeroporto de Vitória", destacou.

De acordo com o secretário, uma testagem mais ampla será uma ferramenta importante para que o Estado consiga lidar melhor com possíveis novos avanços da doença.

"Entendemos que, neste momento, a ampla disponibilidade de testes vai incrementar a capacidade do Estado de fazer a gestão adequada da crise em que vivemos. Evitar que o Estado viva novas ondas depende exclusivamente da adesão da população, dos estabelecimentos comerciais e das instituições aos protocolos — uso de máscaras, lavar das mãos. Também depende de todos os serviços públicos de saúde conseguirem fazer uma oportuna investigação de todos os casos sintomáticos e também o rastreamento dos contatos sociais e domiciliares de todos os pacientes positivos", frisou.

Entrada de indianos no estado

Na semana passada, a entrada de três indianos no Espírito Santo e o contato deles com funcionários de um hotel na orla de Camburi, em Vitória, que precisou ser interditado por quatro dias, chamou a atenção de como o controle, tanto dos portos quanto dos aeroportos, tem sido feito no estado. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a vigilância das fronteiras aéreas e marítimas é de responsabilidade da Anvisa.

O caso dos hóspedes indianos aconteceu justamente no momento em que o Espírito Santo iniciava a vacinação de profissionais portuários e aeroportuários. "Isso mostra a necessidade de uma ação de controle e vigilância em portos e aeroportos. É importante que o governo federal estabeleça um controle e dificulte a entrada de novas variantes”, afirmou o governador Renato Casagrande, durante a cerimônia que marcou o início da vacinação dos trabalhadores dos portos e aeroportos.

Casagrande também disse, na ocasião, que o governo estadual já estudava medidas de fiscalização em portos e aeroportos, independente do governo federal. “Faremos o que for possível para diminuir o risco do contágio e variação da Índia ou de outro país", finalizou.


FV