Últimas

ENTREVISTA | Nem Lula, nem Bolsonaro, o Brasil tem alternativas, diz Casagrande

 
Ao Metrópoles, governador do Espírito Santo afirmou que a sigla busca alianças para "apresentar uma alternativa que saia da polarização"

Em entrevista ao Metrópoles, o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), afirmou que o Partido Socialista Brasileiro busca “unir forças” para “apresentar uma alternativa que saia da polarização” nas eleições presidenciais de 2022.

“É bom que, nessas eleições de 2022, a gente extrapole um pouco os nossos campos ideológicos. Mantida nossa característica partidária, de um partido progressista, de centro-esquerda, o PSB pode dar uma contribuição para ampliar o debate. O momento exige um comportamento diferente”, afirmou.

Para Casagrande, a polarização entre Lula e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) “empobrece a política”. O governador defendeu uma “junção de partidos” para “construir outro projeto alternativo para a sociedade brasileira”.

O Governador capixaba afirmou em seu posicionamento, que ainda não é o momento de “focar em nomes”, mas sim em discutir e definir um projeto que represente a unidade para o Brasil.

A entrevista completa pode ser vista no vídeo a seguir:

(Noroeste News/ com informações do Site Metrópoles)