Últimas

No dia que o Brasil chega a 500 mil mortes por covid-19 manifestantes protestam por todo país


Protestos ocorrem em Brasília e mais 18 capitais. Atos ocorrem de forma pacífica e manifestantes, em geral, usam máscaras e, em alguns momentos, houve aglomeração.

Manifestantes fazem protestos contra Bolsonaro e a favor da vacinação em Brasília — Foto: Adriano Machado/Reuters

Milhares de pessoas foram às ruas neste sábado (19) em diversas cidades do país em protesto contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e em defesa da vacinação contra a Covid-19. Os atos são pacíficos e, coincidentemente, ocorrem no dia em que o Brasil bateu a triste marca de 500 mil mortos por Covid.

Até as 14h50, os protestos ocorriam em Brasília e mais 18 capitais: Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Boa Vista, Cuiabá, Campo Grande, Goiânia, João Pessoa, Maceió, Palmas, Porto Velho, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Luís, São Paulo, Teresina e Vitória.

Houve atos também em outras localidades, como Campina Grande (PB), Campinas (SP), Caxias (MA), Lavras (MG) e Ribeirão Preto (SP). No total, os atos ocorrem em cidades de 21 estados e no Distrito Federal

Os manifestantes pediam mais vacina, a saída de Bolsonaro, auxílio emergencial de R$ 600, erradicação da fome e da pobreza e proteção ao meio ambiente e aos direitos dos indígenas.

Em geral, os participantes dos protestos usavam máscaras. Em alguns locais, como Campo Grande, Palmas e Teresina, houve distribuição do item de proteção.

Houve também preocupação com o distanciamento social. No Recife, por exemplo, muitos caminhavam em fila indiana. Em Cuiabá, Jataí (GO) e Sorocaba (SP) a manifestação foi em forma de carreata.

Fonte: G1