Últimas

Jovem vai tomar vacina e descobre ter coração no lado direito do peito

Claire Mac Foto: Reprodução

Uma jovem de 19 anos que foi ao médico depois de tossir por dois meses consecutivos ficou chocada quando os médicos descobriram que o seu coração estava do lado errado do peito.

Claire Mac se cortou em um arame farpado e teve que ir ao hospital para tomar uma vacina antitetânica em junho e pensou em perguntar aos médicos sobre a tosse persistente que vinha experimentando. A moradora de Chicago (EUA) foi informada de que estava sofrendo de uma infecção pulmonar e então fez um exame de raio-X.

A estudante universitária disse que costuma ficar exposta a muitos resfriados pelo fato de trabalhar na noite. Quando Chicago começou a reabrir no mês passado na relaxamento das restrições impostas durante a pandemia de Covid-19, Claire disse que pegou um resfriado persistente, destacando que a medicação não a ajudava a combater os sintomas.

"Fui ao pronto-socorro no final de junho porque precisava de uma vacina contra o tétano depois de me cortar com arame farpado e decidi pedir a eles que examinassem minha tosse também. A médica parecia muito chocada e me disse 'OK, isso é um pouco estranho, mas você sabia que seu coração está do lado direito do peito em vez do esquerdo?'", relatou a americana em reportagem no "Sun".

"Fiquei tão confusa e comecei a rir porque, honestamente, não acreditava. A médica explicou que se chama dextrocardia e que eu deveria informar meu médico sobre minha condição. Eu ficava dizendo 'O quê, você está falando sério?' Eu honestamente estava em choque e extremamente confusa sobre como eu não sabia antes dos 19 anos", acrescentou ela.

Dextrocardia é uma condição raríssima em que o coração está apontado para o lado direito do tórax, em vez de para o esquerdo. Menos de 1% da população em geral nasce com a doença. Claire declarou que os seus pais também estavam "em estado de choque e extremamente confusos".

"Meu pai ficou realmente assustado com isso e minha mãe achou hilário eu não ter descoberto até agora. Eu nunca tinha feito um raio-X de tórax, então não havia como saber se meu coração estava invertido", emendou a jovem.

Após seu diagnóstico, Claire foi ao TikTok para compartilhar sua experiência surpreendente. Sua postagem já foi vista 2,9 milhões de vezes e recebeu mais de 400 mil curtidas. Muitos usuários de mídia social questionaram como os médicos não perceberam o fato de o seu coração estar do lado errado do peito.

Dextrocardia geralmente não é uma ameaça à vida, e Claire não precisa de nenhum acompanhamento médico especial para a condição. Ela simplesmente continuará vivendo com o coração do lado errado.

G1