Últimas

Richarlyson: 'goleiro do Fortaleza ganhou dinheiro para perder'

Richarlyson era jogador do Fortaleza em 2003- Imagem: Reprodução/SBT


O ex-meia Richarlyson afirmou, sem citar nomes, que um goleiro do Fortaleza aceitou mala preta, incentivo em dinheiro oferecido a uma equipe ou jogador para perder um jogo de propósito, em 2003. Na época, Richarlyson defendia o clube cearense.

"Passei por uma situação, em 2003, Fortaleza x Ponte Preta, onde teve mala preta. O nosso goleiro entregou o jogo. Já tinha ocorrido que ia ter mala preta, mas ninguém sabia o jogador. Chegou no jogo, o cara deu um chutão para trás do meio de campo. O goleiro veio, o atacante estava sozinho, e ele entregou no pé do atacante. Não era aquela bola difícil que tinha gente na frente. O cara chutou antes do meio de campo", disse em entrevista ao programa Arena SBT.

"Depois de muito tempo que a gente soube que era ele. Na hora [do jogo], a gente tentou ir atrás, reverter [o resultado]. Nunca que a gente ia imaginar. Depois, a gente soube", acrescentou.

Fortaleza e Ponte Preta se enfrentaram duas vezes em 2003, ambas pelo Campeonato Brasileiro daquele ano. Na última rodada da competição, a Ponte venceu o Fortaleza - o resultado salvou os paulistas do rebaixamento e rebaixou os cearenses para a segunda divisão.

Na mesma entrevista, Richarlyson contou que já aceitou mala branca, incentivo oferecido a uma equipe ou jogador para vencer uma partida.

"Já [recebeu mala branca]. Existem momentos que você é obrigado a jogar. A mala branca é só um aditivo. Eu ia jogar de qualquer jeito. Veio dinheiro e vou jogar de qualquer jeito."

Uol