Corpo de Bombeiros realiza formatura de novos sargentos e reforma de cães militares


O Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES) realizou, na manhã desta sexta-feira (20), a solenidade de formatura de 56 militares do Curso de Habilitação de Sargentos (CHS) 2021. O evento realizado no Quartel do Comando-Geral (QCG) da Corporação, na Enseada do Suá, em Vitória, teve a presença do governador do Estado, Renato Casagrande. Na ocasião, também foi feita uma homenagem em decorrência da reforma dos cães Vida e Athos, que encerram suas atividades na instituição.

O CHS foi iniciado no dia 12 de abril e teve duração de 856 horas, submetendo os novos sargentos a uma extensa grade curricular. Dentre as disciplinas é possível destacar os módulos operacionais, cujo objetivo era capacitação dos militares para gerenciar procedimentos operacionais em desastres urbanos, atendimento pré-hospitalar, incêndio estrutural, incêndio florestal, salvamento aquático, salvamento terrestre, salvamento em alturas, resgate em regiões alagadiças, corte de árvores em risco, atendimento a ocorrências de produtos perigosos e defesa civil.

Além do preparo técnico, o curso de habilitação envolve o aperfeiçoamento de atributos emocionais dos profissionais como resiliência, capacidade de raciocínio sob estresse, equilíbrio emocional, coragem, abnegação, espírito de corpo e, principalmente, liderança.

Em sua fala, o governador do Estado parabenizou os formandos e reforçou a importância da Corporação para toda sociedade capixaba. “Tem uma frase muito antiga e que cabe nesse momento: 'A gratidão é a memória do coração'. Estou presente nessas solenidades militares por gratidão ao trabalho desenvolvido pelas forças de segurança do Espírito Santo. Nossa vida mudou completamente desde o ano passado. Começamos 2020 com vocês atuando nas fortes chuvas que atingiram o Estado e logo depois veio a pandemia. Vocês nos ajudaram e ainda ajudam muito nesses momentos e sempre de forma espetacular”, afirmou.

Casagrande lembrou do trabalho de reestruturação das forças de segurança, que inclui diversas entregas ao Corpo de Bombeiros, dentro do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, retomado no início de 2019. “Assumimos o governo com as forças de segurança destruídas e estamos recuperando-as. Estamos montando bases dos Corpo de Bombeiros em todas as regiões, adquirindo viaturas, estruturando a Corporação com novos centros. Vamos seguir firmes nessa reestruturação”, pontuou.

O comandante-geral do CBMES, coronel Alexandre Cerqueira, falou mais sobre a reestruturação da Corporação. “Sempre tenho que falar e ressaltar a importância que o Governo do Estado confere ao Corpo de Bombeiros. São 287 novas viaturas desde o início da gestão do governador Renato Casagrande, além da construção do Centro de Inteligência e Defesa Civil, que será o maior da América Latina, assim como o Centro de Atividades Técnicas, sendo finalizado. São projetos incríveis e que nos colocam no topo do País”, declarou.

O comandante Cerqueira prosseguiu: “mesmo em meio à pandemia não atrasamos, ainda mantivemos as promoções e cursos, dentro dos protocolos de saúde. Só tenho, como comandante, agradecer pelo trabalho e parabenizar esses novos sargentos que são fundamentais para nossa instituição.”

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, também participou da cerimônia. “Essa formatura nos traz alento e a sensação de que nossa missão, como equipe de Governo, está sendo cumprida. Com as formaturas, a engrenagem continua funcionando. Mesmo em meio a um momento de pandemia, por intermédio de uma gestão séria e controlada do governador Renato Casagrande, estamos caminhando com os cursos. Aos formandos, digo que hoje alcançam uma das mais importantes funções na carreira militar. O papel do sargento é fundamental e esperamos que todos aqui entendam que devem proteger e servir à sociedade”, discursou.

Também estiveram presentes na cerimônia a vice-governadora Jacqueline Moraes; e os secretários de Estado, Álvaro Duboc (Economia e Planejamento) e Coronel Aguiar (Casa Militar).

Reforma de cães militares

O evento ainda teve o objetivo homenagear os cães Vida e Athos, que atuaram na Equipe K9 por uma década e agora encerram suas atividades. Os integrantes da Força Especial de Busca e Resgate com Cães (Equipe K9) foram uns dos primeiros a trabalhar com a corporação, que institucionalizou a equipe em 2012. Desde então, os dois cães militares atuaram em diversas ocorrências importantes e que ganharam destaques em todo o Espírito Santo, como nos desastres provocados pelas fortes chuvas de 2013 e 2020, no desabamento do Condomínio Grand Parc e, ainda, no resgate de um professor perdido no Parque do Caparaó.

No entanto, Vida e Athos não se limitaram a atender somente às demandas do Estado, a dupla também partiu para Minas Gerais e tiveram importante participação nas ações de resgate nos desastres de Mariana e Brumadinho.

Assim como todo cão militar, para integrar a Equipe K9, entre os 45 dias e três meses de vida, a dupla passou por um processo de seleção, em que foi verificado se possuíam as características necessárias para se tornarem bons cães de salvamento. Sendo assim, após selecionados, os animais iniciaram o curso de formação e, somente após receberem os certificados, iniciaram as atividades de atendimento às ocorrências.

Atualmente a Equipe K9 do CBMES conta com 16 militares com formação para conduzir cães em cinco núcleos, sendo eles estabelecidos em Vitória, Cachoeiro, Colatina, Guaçuí e Nova Venécia. E, pensando sempre no bem-estar dos animais, cada cão possui um dono militar fixo, que se torna seu condutor, e trabalham sempre em conjunto.

Governo ES



Postagem Anterior Próxima Postagem