Detran|ES repassa R$ 36 milhões para fiscalização de trânsito da Polícia Militar


O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) realizou o repasse de recursos financeiros no valor de R$ 36.561.962,00 para investimento com vistas ao policiamento e fiscalização de trânsito pela Polícia Militar do Espírito Santo (PMES) em todo o Estado. O Termo de Cooperação de Descentralização de Créditos foi assinado, na tarde desta quinta-feira (26), no Quartel do Comando Geral da PMES, pelo diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira, e pelo comandante da Corporação, coronel Douglas Caus.

Os recursos financeiros são oriundos das receitas arrecadadas com as cobranças de multas e serão utilizadas especificamente na aquisição de equipamentos e serviços que proporcionarão um aumento na capacidade de fiscalização de trânsito, policiamento e aplicação de medidas administrativas de competência do Detran|ES nas vias públicas de todo o Estado. O repasse, válido para os próximos cinco anos, é quase 50% a mais do que o valor do último termo de cooperação técnica (que vigorou de 2016 a 2021), o que representa uma valorização das forças de fiscalização de trânsito no Espírito Santo.

O diretor geral do Detran|ES ressaltou a importância da parceria para garantir a lei e a segurança. “O Detran|ES tem investido em tecnologia e fornecimento de smartphones, etilômetros passivos, radares modernos e reforma de unidades do BPTran [Batalhão de Polícia de Trânsito] para tornar as operações de fiscalização mais efetivas não só da Polícia Militar, mas também com a integração das guardas de trânsito municipais”, apontou.

Givaldo Vieira prosseguiu: “entendemos que a fiscalização é essencial para que o cidadão que utiliza as vias obedeça às regras de trânsito, servindo como um meio para prevenção de acidentes e repressão daqueles que insistirem em cometer as infrações e colocar em risco a sua própria vida e dos demais, além de fortalecer a segurança pública. Esse repasse vai contribuir para a aquisição de equipamentos modernos e melhoria da estrutura das fiscalizações em todo o Estado. O objetivo final é reduzir os índices de acidentes e preservar vidas no trânsito.”

Para o comandante da PMES, coronel Douglas Caus, o investimento em tecnologia pode ser o caminho para a diminuição das infrações e mortes no trânsito. “Vamos investir na compra de equipamentos tecnológicos que, inclusive, nos permite detectar com mais facilidade veículos furtados/roubados, clonados ou com infrações administrativas. Esses materiais irão equipar todos os batalhões do Estado. Serão equipamentos de ponta, mais sofisticados, que permitirão uma fiscalização mais efetiva, o que nos faz acreditar na possibilidade de diminuir os indicadores de irregularidades acidentes fatais no trânsito”, pontuou.

Está prevista a aquisição de viaturas como base móvel, micro-ônibus, camionetes e motos; etilômetros; drones; equipamentos e materiais de fiscalização como cones, fitas de bobinas de etilômetros, bocais, rádios de comunicação, lombadas eletrônicas; materiais para o serviço administrativo como impressoras, toners, televisores; computadores, notebook; a realização de obras e reformas no BPTran e demais subunidades de transito do interior, além de contratação de serviços de manutenção e aquisição de diversos materiais elétricos e outros; e pagamento de despesas com diárias e cursos de trânsito, adição de categoria de CNH, entre outros.

Participaram também da solenidade o subsecretário de Estado de Gestão Administrativa da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), Fábio Gomes de Aguiar; comandante do BPTran, tenente-coronel Glariston Fonseca; e o diretor de Habilitação, Veículos e Fiscalização do Detran|ES, Marcus Perozini.

Governo ES


Postagem Anterior Próxima Postagem