Galo atropela o River Plate no Mineirão e pega Palmeiras na semifinal da Liberta

Uma noite espetacular, com um roteiro perfeito para registrar na história a classificação do Atlético-MG às semifinais da Libertadores. O Galo não tomou conhecimento do River Plate no Mineirão. Aplicou 3 x 0, com direito a golaços de Zaracho e Hulk. O Alvinegro, que já havia vencido em Buenos Aires, impôs nova derrota ao River e selou a vaga. Tudo sob os olhares, gritos e apoio da torcida, de volta ao estádio após 529 dias.


Na 11ª participação do clube em Libertadores, o Atlético está de volta à semifinal da competição. O clube chegou a essa fase do mata-mata em 2013, quando foi campeão. Antes, em 1978, o Galo disputou um triangular semifinal com Boca Juniors e River Plate, mas foi eliminado. O Alvinegro esteve presente nas edições de 1972, 1978, 1981, 2000, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017, 2019 e 2021.

A vaga na semifinal da Libertadores garantiu ao Atlético mais R$ 10,5 milhões de cota da Conmebol. São R$ 39,7 milhões acumulados desde a fase de grupos da competição. Em toda temporada, contando com os valores pagos pela Copa do Brasil, o Galo soma mais de R$ 47,5 milhões em premiações com avanços em torneios.

Como fica – Melhor campanha da fase de grupos da Libertadores, o Atlético vai encarar nas semifinais o segundo time de melhor desempenho, o Palmeiras. Os paulistas eliminaram nas quartas de final o rival São Paulo, após um empate (1 x 1) e uma vitória (3 x 0). As semifinais estão previstas para as semanas de 22 e 29 de setembro.

Próximo jogo – O Atlético agora tem pela frente um compromisso pelo Campeonato Brasileiro, o qual lidera. Na próxima segunda-feira, 23, o time enfrenta o Fluminense, às 20h, no Rio de Janeiro, pela 17ª rodada.

FONTE. GE


Postagem Anterior Próxima Postagem