"Merecia um tiro na cara", diz deputado a vereadora



O deputado estadual Amauri Ribeiro (Patriota-GO) afirmou que a veradora de Goiânia, Luciula do Recanto (PSD), "merecia um tiro na cara". O ataque foi feito nesta quinta-feira (05), durante um discurso na Assembleia Legislativa de Goiás.

"Eu fico p*to, quando vejo uma vereadora, igual essa aí de Goiânia, que se diz protetora de animais, arrebenta o portão da casa de um cidadão, sem mandado, sem ordem judicial, porque ela também não é polícia, nem com ordem ela podia e invade uma casa. Pra mim, merecia um tiro na cara. Quem invade o que não é seu, não merece nem viver”, disse Amauri. A declaração teria sido motivada pela "defesa à propriedade privada".

Câmara de Goiânia responde

Já nesta sexta feira (06), a Câmara Municipal de Goiânia repudiou as declarações do deputado contra a vereadora. No texto, assinado pela Mesa Diretora, o Poder Legislativo informou que está tomando as medidas jurídicas cabíveis em resposta às manifestações "intimidatórias" e "em tom de ameaça" feitas pelo parlamentar contra a vereadora.

Leia a íntegra da nota da Câmara Municipal de Goiânia:

"NOTA DE REPÚDIO

A Câmara Municipal de Goiânia lamenta e repudia profundamente as declarações intimidatórias, em tom de ameaça, do deputado estadual Amauri Ribeiro dirigidas à vereadora Luciula do Recanto durante pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa.

A Mesa Diretora determinou nesta sexta-feira (6/8) à Procuradoria Geral a adoção das medidas legais cabíveis em defesa da honra e do livre direito de atuação, manifestação e expressão da vereadora e dos demais 34 vereadores que compõem o Plenário do Poder Legislativo da Capital."
iG



Postagem Anterior Próxima Postagem