PESAR | Nova Venécia se consterna com a perda de mais um morador, vítima da Covid-19


Morre Ney Charles Carmo (Torinha), de 46 anos, mais uma vítima da Covid-19 em Nova Venécia


Neste sábado (31) frio e nublado em Nova Venécia, mais uma notícia triste. Faleceu pela manhã, por volta das 9 horas, o caminhoneiro Ney Charles Carmo, popularmente conhecido como Torinha, de 46 anos, mais uma vítima da Covid-19.

Ney foi contaminado pelo coronavírus no mês de junho. Ele ficou internado no Hospital São Marcos, em Nova Venécia, por três dias. Posteriormente, após complicações, no dia 18 de junho ele foi encaminhado para o Hospital Roberto Silvares, em São Mateus, onde foi intubado e passou por uma cirurgia de traqueostomia. Na última segunda-feira ele sofreu uma parada cardíaca, mas depois foi estabilizado. Chegou a receber a visita da esposa e filho; seu quadro clínico teve uma pequena melhora. Porém, na quinta-feira, ainda na unidade, foi diagnosticado com pneumonia e, depois de lutar vários dias contra a doença, foi a óbito neste sábado.

Natural de São Mateus, mas há muitos anos morando em Nova Venécia, no Bairro Filomena, Ney era caminhoneiro, transportava cargas para o Brasil inteiro. Já trabalhou em diversas empresas da cidade, como no Chiquinho Granitos. Atualmente, trabalhava para a empresa Magalhães, que presta serviço para a Tambasa.

De acordo com a família, Ney começou a trabalhar ainda muito cedo. Era um homem carinhoso, prestativo, alegre, brincalhão e que não tinha tempo ruim com ele. Para os amigos, era um companheiro para todas as horas e que agora vai deixar muitas saudades.

“É um dia muito triste. Meu tio era uma pessoa ímpar, sempre à disposição de todos. Adorava cozinhar e dirigir e estava muito feliz trabalhando com uma nova carreta”, lamenta a sobrinha Dayanni Oliveira dos Santos Leite.

Filho de Júlia Leite do Carmo e Vanderlício, Ney tinha mais quatro irmãos: Mastroianni, Omaque, Fagner e Meirieli, que hoje choram a sua morte precoce.

Ele deixa esposa, Silvana Mendes de Oliveira, e dois filhos: Gabriel, de 17 anos, e Ana Carolina, de 09 anos.

AGRADECIMENTOS:
A família agradece a todos que fizeram muitas correntes de oração pela recuperação de Ney. Agradece, ainda, ao Sr. Elias Magalhães (patrão de Ney) que não mediu esforços e deu todo o apoio e suporte necessários durante todo o período em que ele esteve hospitalizado.

Fonte: Correio 9

 



Postagem Anterior Próxima Postagem