Último avião norte-americano deixa o Afeganistão

Divulgação - Kenneth F. McKenzie Jr.

O último avião norte-americano com civis, militares e autoridades dos EUA deixou Cabul, capital do Afeganistão, no final da tarde desta segunda-feira, 30 (horário de Brasília). A informação foi divulgada pelo Pentágono, por meio de uam entrevista concedida pelo comandante central dos Estados Unidos, Kenneth F. McKenzie Jr.

A saída dos norte-americanos do país já havia sido anunciada pelo presidente Joe Biden, logo após a tomada de Cabul pelo grupo extremista Talibã.

Mais cedo, defesas antimísseis dos Estados Unidos interceptaram ao menos cinco foguetes lançados contra o aeroporto de Cabul , na madrugada desta segunda-feira. O incidente ocorreu na reta final da retirada dos combatentes americanos e de seus aliados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), que pôs fim à duas décadas de invasão no país da Ásia Central e à guerra mais longa da História americana.

Segundo a mídia afegã, o ataque foi lançando da parte posterior de um veículo e vários foguetes atingiram diferentes partes de Cabul. Em um comunicado, a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, confirmou a inteceptação, mas disse que as operações no aeroporto "continuaram sem interrupção" - até serem finalizadas no final desta tarde. Não houve relatos de mortos ou feridos.

iG



Postagem Anterior Próxima Postagem