Jovem morre após usar super cola na tentativa de substituir preservativo

O indiano usou uma cola epóxi na tentativa de substituir o preservativo

Um jovem de 25 anos morreu após aplicar uma super cola no pênis para usar como preservativo. O caso, que aconteceu em Ahmedabad, foi registrado pelo jornal "The Times of India" no dia 24. O rapaz morreu no dia 22.

De acordo com as investigações, Salman Mirza se hospedou em um hotel com a noiva e uma outra mulher. Quando foi ter relações sexuais e percebeu que não tinha preservativos, resolveu aplicar o adesivo de cola epóxi na genitália na tentativa de se proteger.

Segundo publicação da agência internacional, o jovem foi encontrado por um amigo deitado em cima de arbustos próximo a um complexo de apartamentos.

Salman, que já estava inconsciente, foi levado para a casa do rapaz que o encontrou. Ao chegar na residência, o estado de saúde dele piorou e precisou ser encaminhado para o hospital Silva de Sola, mas acabou morrendo pouco tempo depois.

Durante depoimento, amigos contaram que Salman e a noiva eram usuários de drogas. De acordo com eles, é possível que ele estivesse sob efeito de algum entorpecente, o que teria motivado a substituição indevida do preservativo.

Autoridades locais informaram que é possível que o casal tenha inalado a resina da cola que causa efeitos alucinógenos quando é misturada com outras substâncias.

Salman teve falência múltipla de órgãos. Premsukh Delu, um dos investigadores do caso, disse que agora é necessário esperar os resultados da análise.

"O corpo foi enviado para análise forense. Estamos esperando o relatório chegar para concluir o caso".

Fonte: The Times of India



Postagem Anterior Próxima Postagem