Polícia investiga a origem de diamante de R$ 3 milhões apreendido em operação

Polícia de Santa Cruz da Conceição - Diamante encontrado vale R$ 3 milhões

Polícia Civil de Santa Cruz da Conceição (SP) apura a origem de um diamante avaliado apreendido durante uma operação, em 25 de maio. O laudo da perícia identificou que a pedra, encontrada em estado bruto, vale R$ 3 milhões. A informação foi divulgada na última segunda-feira, 30.

A pedra foi encontrada junto de drogas, cheques e dinheiro na operação Divisa, que investigava crimes de furto, estelionato e comercialização de armas de fogo em Santa Cruz da Conceição, pirassununga e Leme. Ninguém foi preso na operação.

Nunca uma pedra tão rara havia sido encontrada na cidade de apenas 5 mil habitantes. “Eu desconfiei que a pedra tinha valor, mas não imaginava o quanto e determinei a apreensão naquele momento”, disse o delegado Leonardo da Costa Ferreira. Após a perícia sair, o diamante ficou sob custódia policial em um banco fora da região.

Com a apreensão da pedra pela polícia, as investigações acabaram mudando de rumo. “A investigação que era de crimes patrimoniais de pequena monta, agora abre leque como organização criminosa, lavagem capital e até crime internacional, já que não se sabe a origem dessa pedra”, afirmou Costa Ferreira.

Fonte: G1


Postagem Anterior Próxima Postagem