Policia prende quadrilha que roubava lojas de celulares no ES

Alguns crimes foram registrados por câmeras de segurança dos estabelecimentos.


Três pessoas que fazem parte de uma quadrilha de assalto a lojas de celulares foram presas nesta quarta-feira (1º) na Grande Vitória.

São 13 integrantes ao todo e seis já haviam sido presos anteriormente. Outros quatro são considerados foragidos.

Segundo as investigações, a quadrilha já roubou quase 200 celulares e gerou um prejuízo de R$ 800 mil para as vítimas.

As prisões foram divulgadas nesta quinta (2) pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) e aconteceram após o trabalho integrado das delegacias de polícia de Domingos Martins e João Neiva, Divisão Patrimonial e 6ª Companhia Independente da Polícia Militar.

Na casa do líder do grupo, policiais encontraram a roupa usada nos assaltos, computadores, telefones e uma arma.

Uma outra arma foi apreendida durante as investigações, além de dinheiro e 1,5 kg de maconha.

Os criminosos cometeram crimes na Grande Vitória e no interior do Espírito Santo nos últimos meses.

Dois dois crimes foram registrados em agostos em uma loja no bairro Jardim Camburi, em Vitória, e em uma loja da Serra.

Além disso, três lojas localizadas nos municípios de Fundão, Ibiraçu e Domingos Martins tiveram um total de 155 aparelhos roubados em julho.

De acordo com o delegado titular da Delegacia de Polícia de João Neiva, que responde por Fundão e Ibiraçu, Leandro Sperandio, a quadrilha já tem histórico de roubo a agências dos Correios e uma empresa de vendas de produtos por internet.

"Com a saída da cadeia eles migraram para roubo a lojas de telefone celular. O primeiro assalto foi no dia 5 de julho de 2021 em Fundão e da loja foram roubados 65 aparelhos de telefone celular", contou.

Com esse crime, o delegado deu início às investigações e foi identificado o modo de realização dos assaltos.

"Eles entram na loja, dois ou três assaltantes. Um quarto fica do lado de fora dando cobertura com o veículo. Eles amarram ou levam pra algum cômodo no interior da loja e subtraem os aparelhos expostos à venda e dinheiro do caixa", explicou.

Depois do crime em Fundão, os criminosos também roubaram 41 aparelhos de uma loja em Ibiraçu.

Quatro dos cinco criminosos foram presos, mas o quinto se juntou a outros criminosos e continuou roubando lojas de celulares.

O terceiro roubo foi a uma loja de Domingos Martins, onde foram roubados 49 celulares.

Durante a investigação, os policiais concluíram que os mesmos criminosos estavam praticando roubos também na Grande Vitória.

Fonte: G1




Postagem Anterior Próxima Postagem