Com mais de 7 kg, recém-nascido surpreende médicos

O bebê está saudável e não corre riscos de saúde

Foto: DIVULGAÇÃO/SES-AM

Um bebê nascido na tarde da quarta-feira (18), bateu o recorde de tamanho no Amazonas. Com 7,328 quilos e 59 centímetros, o recém-nascido está saudável, mas a família precisa de ajuda para renovar o enxoval.

A mãe da criança, Cleidiane Santos dos Santos, de 27 anos, contou que descobriu o peso e o tamanho do filho apenas um dia antes de entrar em trabalho de parto.

Cleidiane é moradora de Parintins, no Amazonas, e estava na 40ª semana de gestação quando deu entrada no Hospital Padre Colombo para uma consulta rotineira com a obstetra.

Ao descobrir o tamanho do bebê, que podia ser considerado Grande para a Idade Gestacional (GIG), a equipe de médicos optou por encaminhar a mãe para uma cesárea.

O recém-nascido, chamado de Angerson, conquistou o título de "o maior bebê do Estado do Amazonas". Apesar do tamanho, ele passa bem e o estado de saúde é estável.

A mãe conta que a surpresa foi grande, pois esperava no máximo 4 quilos. Graças ao suporte e apoio da equipe médica, Cleidiane está recebendo atendimento e passa bem.

Risco no pré-natal

De acordo com a obstetra que coordenou a cesárea, Artemisia Pessoa, a mulher já tinha passado por alguns momentos de risco no pré-natal. Por isso, ao identificar a condição do bebê no ultrassom, os médicos ofereceram atenção em dobro para garantir a segurança de ambos mãe e filho.

"A gente só tem alegria, satisfação e gratidão por ter dado tudo certo nesse caso, nessa situação de risco, uma situação rara que também acabou surpreendendo a gente, porque a gente estava imaginando até um bebê em torno de 6 quilos, pela ultrassonografia, mas ele ainda superou essa expectativa”, relata.

Os médicos e outros profissionais do hospital tomaram a iniciativa de arrecadar cestas básicas e um novo kit de enxoval, pois a família de Angerson precisará renovar os pertences do recém-nascido.
Fonte: R7

Postagem Anterior Próxima Postagem