Últimas

Fiscalização conjunta entre Agerh e Idaf vistoria 14 barragens no norte do Espírito Santo



A Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh) e o Instituto Estadual de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf) finalizaram, nesta quinta-feira (06), uma fiscalização conjunta nas barragens de acumulação de água localizadas na bacia hidrográfica do Rio Itaúnas, extremo norte do Espírito Santo. A força-tarefa durou três dias e passou por 14 barragens nos municípios de Pinheiros e Boa Esperança.
O objetivo da ação integrada foi avaliar as condições de segurança das pequenas e médias barragens, localizadas acima da Barragem Engenheiro Valter José Matielo (Itauninhas). Além de vistoriar a estrutura de concreto que armazena mais de 10 bilhões de litros d’água, a equipe passou por barragens de terra que acumulam volumes menores, mas, em caso de chuva forte, podem contribuir para a elevação do nível da barragem de Itauninhas.
Em todos os empreendimentos visitados, os responsáveis ou operadores foram orientados a manter o vertedouro (canal para passagem de água) desobstruído e o talude (estrutura de terra ou concreto que contém a água armazenada) sem vegetação de grande porte. A Agerh também recomendou a inscrição das barragens no Cadastro Estadual de Segurança de Barragens. 
De forma preventiva, a equipe técnica solicitou, ainda, a redução do nível da barragem de Itauninhas. Em dias que antecedem frente frias ou alta precipitação, a recomendação é baixar os níveis de água das barragens em pelo menos meio metro, para que elas tenham capacidade de absorver a água da chuva.
As precauções valem para todo o verão e períodos úmidos. “Essas medidas, aliadas à construção e manutenção corretas, reforçam a segurança das barragens e evitam riscos de rompimento”, explica o gerente de Gestão de Infraestrutura Hídrica da Agerh, Tiago Lodi.

Assessoria de Comunicação da Agerh




Nenhum comentário