Últimas

MP pede a anulação de concurso público para a contratação de professores em Linhares



O Ministério Público do Espírito Santo (MPES) entrou com uma ação na Justiça para pedir o cancelamento da prova do concurso público para contratação de professores em Linhares. A prova foi aplicada no dia 26 de janeiro.
Um dos argumentos do Ministério Público para que o processo seja cancelado tem relação com a avaliação discursiva, pois muitos candidatos ficaram confusos quanto ao tema. A prova apresentou um texto base sobre ensino religioso nas escolas e estado laico, mas pediu uma redação sobre fake news (notícias falsas).
Além disso, o Ministério Público aponta que uma das questões da prova objetiva aplicada em Linhares já tinha aparecido em um exame do concurso público de Vitória.
O MP entrou com a ação depois de várias denúncias chegarem à promotoria de Linhares. Por isso, pede à justiça a anulação da prova e a realização de um novo processo.
O Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE), responsável pela aplicação da prova, chegou a ser notificado pela Prefeitura de Linhares depois da polêmica.
Por enquanto, não há prazo para que a Justiça tome uma decisão sobre a ação do Ministério Público. O IBADE ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Fonte: Folha Vitória




Nenhum comentário