Últimas

Empresa de fibra ótica anuncia expansão com investimentos de R$ 27 milhões no ES



O Espírito Santo vai receber investimentos na ordem de R$ 27 milhões com a expansão das atividades da empresa Fibracem. Na tarde desta segunda-feira (23), o governador Renato Casagrande e o secretário de Estado de Desenvolvimento, Marcos Kneip, conversaram com representantes da empresa. A reunião foi realizada por meio de videoconferência, no Palácio Anchieta, em Vitória.

A Fibracem, empresa sediada no Paraná, atua no segmento de acessórios para redes de fibra ótica há mais de 25 anos e já conta com um centro de distribuição no Estado, no bairro Canivete, em Linhares. A partir deste ano, a empresa iniciará a construção de sua nova unidade fabril dentro da mesma área que já ocupa na região. Ao todo, a planta terá 37,5 mil metros quadrados.

De acordo com a empresa, 200 vagas de empregos diretos deverão ser geradas até 2028. Deste total, 35 estarão disponíveis ainda este ano. As vagas deverão ser disponibilizadas por meio da unidade do Sistema Nacional do Emprego (SINE) de Linhares.

Também neste ano, a expectativa é de que sejam implantadas duas linhas de produção que envolvem a fabricação de caixa de emendas e cabos de fibra ótica. Já em 2021, outras duas novas linhas deverão entrar em operação com produção de racks e distribuidores.

O governador Renato Casagrande comemorou a atração de mais um investimento para o Espírito Santo. “Nesse momento que vivemos é importante termos uma boa notícia. A instalação de uma empresa de fibra ótica abre oportunidades para uma mão de obra qualificada. Hoje com as mudanças em nossa vida por conta do Coronavírus percebemos a importância de estarmos conectados mesmo à distância e a fibra ótica é fundamental”, comentou.

O secretário Marcos Kneip explicou que a expansão da empresa contribui para a diversificação da atividade industrial do Espírito Santo. “Esta é a primeira empresa de fibra ótica que se instala no Estado. Um anúncio importantíssimo que fortalece a nossa economia neste momento em que todo o mundo enfrenta uma grave crise. Essa expansão mostra que os investidores mantêm a confiança no Estado e abre novas possibilidades econômicas”, afirmou.


O subsecretário de Estado de Atração de Investimentos e Negócios Internacionais, Gabriel Feitosa, que também acompanhou a reunião, destacou a importância do empreendimento para o mercado de trabalho. “Uma empresa de fibra ótica demanda profissionais especializados e, com isso, podemos abrir um leque de oportunidades para os capixabas. É um momento de expansão das oportunidades de emprego, e é fundamental que as pessoas busquem capacitações para aproveitar esta chance”, completou.

Assessoria de Comunicação do Governo



Nenhum comentário