Últimas

Linha de financiamento Juro Zero libera mais de R$ 1 milhão para empreendedores


Empreendedores que solicitaram a linha de financiamento Microcrédito Emergencial Covid-19 (Juro Zero), que libera até R$ 5 mil para donos de pequenos negócios que estão sentindo os impactos econômicos provocados pela pandemia do novo Coronavírus, já estão recebendo o recurso em suas contas. Ao todo, R$1,2 milhão foram liberados até momento.

Entre os benefícios oferecidos pelo Governo do Estado nesta linha de financiamento, estão a não cobrança de juros, seis meses de carência para o início do pagamento e prazo de até 24 meses para o quitar o débito.

Os empreendedores interessados devem acessar a página https://aderes.es.gov.br/linha-de-microcredito-emergencial-covid-19-juro-zero, verificar os critérios exigidos e preencher o cadastro digital.

Após o empreendedor realizar o cadastro no sistema, as informações são enviadas ao Banestes, que fará uma consulta cadastral do cliente. O retorno leva, em média, três dias. A partir daí o agente de crédito é autorizado ou não a seguir com a proposta, indo para o passo seguinte, que é fazer o Levantamento Socioeconômico (LSE) do solicitante.

Concluído o LSE, a proposta é encaminhada novamente para o Banestes para que proceda a análise, contratação e liberação do recurso.

Segundo o presidente da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo do Estado (Aderes), Alberto Farias Gavini Filho, novos pagamentos serão liberados nos próximos dias.

“Temos um montante de R$ 1,2 milhão liberados até o momento e esse número será maior a cada dia. O empreendedor que não estiver dentro dos critérios estabelecidos nesta modalidade pode recorrer a outra opção de financiamento, que é o NossoCrédito Emergencial. Esta linha de financiamento já liberou R$ 32 milhões para diversos empreendedores”, afirmou Gavini. 

Saiba Mais

1) O que a linha oferece

I- Microcrédito de até R$ 5 mil;

II- Quantidade máxima de até 24 parcelas;

III- Carência de até 06 meses para iniciar pagamento, sem cobrança de encargos.

IV- Prazo total máximo da operação: até 30 meses;

V- Taxa de juros: 0,0% (zero).

*Não permite renovação, repactuação, prorrogação e renegociação.


2) Quem pode solicitar o Microcrédito

I - Microempreendedores individuais (MEIs), com receita operacional bruta anual que não ultrapasse R$ 81 mil/ano;

II - Autônomos cadastrados no órgão municipal competente ou que sejam contribuintes individuais da Previdência Social, com receita operacional bruta anual que não ultrapasse R$ 81 mil/ano;

III - Cooperativas de agricultura familiar capixaba e associações de pequenos agricultores familiares, associações e colônias de pescadores, marisqueiros e assemelhados, assim como associações de pescadores profissionais artesanais e agricultores, que apresentem inscrição no Cadastro Nacional da Agricultura Familiar - CAF ou Declaração de Aptidão ao Pronaf - DAP Jurídica até que a CAF tenha sua implementação concluída;

IV - Sindicato de agricultores familiares, se financiável.


3) Documentos importantes obrigatórios

I- Documento de identificação (CPF ou CNPJ);

II- Certidão negativa do fisco estadual e federal (via CPF ou CNPJ);

III- Se tiver conta Banestes, é preciso estar adimplente (sem pendências) com suas obrigações e não ter atraso superior a 60 dias nos últimos 12 meses junto ao banco;

IV- Caso não seja correntista, uma conta será aberta durante o processo de contratação do financiamento.

V- Autônomos precisam apresentar o respectivo documento de registro no órgão municipal competente, ou apresentar Alvará de Funcionamento expedido pela prefeitura ou, ainda, apresentar Comprovante como contribuição individual da Previdência Social.

Lembramos que trata-se de uma operação de crédito e, como tal, fica sujeita à análise cadastral e de crédito.


4) Como solicitar o crédito

I- Se você atende aos critérios da linha, clique no botão "Solicitar o crédito" e faça o seu cadastro;

II- Após o cadastro realizado, aguarde o agente de crédito do seu município entrar em contato para realizar o atendimento e encaminhar a proposta de financiamento para análise no Banestes;

III- A partir da análise do banco Banestes, começa o período de contratação de operação na agência do seu município.

Assessoria de Comunicação da Aderes


Gostou desta matéria? Clique aqui e receba nossos conteúdos diariamente.

Nenhum comentário