Últimas

Nova Matriz de Risco adotada no Estado reclassifica o grau de risco em Nova Venécia


Na simulação com os novos critérios adotados, considerando os dados até 20/05, Nova Venécia configura entre os municípios de risco moderado
Na manhã da última terça-feira (19), o Governador Casagrande apresentou aos prefeitos, através de videoconferência, uma nova matriz de risco adotada no Estado e o novo Mapa de Gestão de Risco que estará em vigor a partir da próxima semana, conforme os dados a serem apurados até a sexta-feira (22).

O Governador iniciou a reunião reforçando as medidas já tomadas pelo governo no Estado com o intuito de reduzir os impactos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Ele ainda explica que todas as medidas são feitas com base no isolamento social do capixaba e na capacidade das UTIs do sistema público de saúde.

As tratativas de reformulação dos cálculos feitos pelo Governo do Espírito Santo para definir o grau de risco de infecção nos municípios, certamente, fará com que as cidades de  Afonso Cláudio, Marataízes e Alfredo Chaves passem a integrar a lista de municípios classificados como de alto risco de transmissão da doença, exigindo que essas cidades adotem medidas mais rígidas de prevenção.

Os critérios utilizados atualmente para definir quais cidades são de risco baixo, moderado, alto ou extremo são: incidência da Covid-19 na população e a taxa de ocupação dos leitos de UTI. A partir desta reformulação além desses, três novos critérios passam a ser avaliados: a taxa de isolamento social, o percentual de população idosa e o índice de letalidade do coronavírus em cada cidade.

De acordo com o presidente da Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes), Gilson Daniel (Podemos), prefeito de Viana, tendo em vista os dados atuais das cidades, se a mudança passasse a valer a partir desta quarta (20), o número de cidades com risco alto de infecção passaria de 07 para 10. “Municípios que estavam com dados moderados passariam para um risco alto, o que é o caso de Afonso Cládio, de Marataízes e de Alfredo Chaves”, explicou ele em entrevista ao Bom Dia ES.

As cidades da Grande Vitória, Santa Teresa e Fundão, estão classificadas atualmente com alto risco e nesses locais, as medidas de isolamento social são mais rígidas. Os estabelecimentos comerciais, por exemplo, devem funcionar em dias alternados, com horário limitado das 10h às 16h. Já o número de cidades com risco moderado de transmissão da Covid-19 subiria de 25 para 46, enquanto o total de cidades com baixo risco cairia de 45 para 21, explicou disse Gilson Daniel.

O presidente da Amunes destacou que o Governador delegou liberdade para que os líderes municipais avancem por conta própria no enfrentamento da doença, impondo ações de combate mais duras, se assim julgarem necessário. “Os prefeitos estão muito unidos ao Governo do Estado para que todas as nossas ações sejam em conformidade com as portarias e decretos estaduais que estão sendo implantados”, pontuou.

O novo mapa foi criado de acordo com pesquisa e monitoramento de profissionais e especialistas, tanto do governo do estado quanto nos municípios e as informações são atualizadas constantemente.

Com a Nova Matriz de Risco Nova Venécia passa para o Risco Moderado


O aumento dos casos nos municípios das Regiões Norte e Noroeste do Estado, afeta diretamente Nova Venécia. Com a incidência de casos, a taxa de ocupação de leitos de UTI na Região aumenta, aumentado o grau de risco dos municípios. De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Felipe Barbosa dos Santos e o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Rômulo Baía, Nova Venécia segue adotando todas as medidas de prevenção e controle da doença. A taxa de isolamento na cidade ainda está abaixo do esperado, por isso ações de conscientização estão sendo trabalhadas junto a população, o comércio segue funcionando com horário reduzido, está decretado pelo Prefeito, o uso obrigatório de mascaras em todo o município, barreiras sanitárias estão em pleno funcionamento na abordagem de quem chega à cidade, além de outros protocolos e ações que tem sido executadas.

Rômulo Baía destaca a importância dessas medidas. “Nossa preocupação é manter o número de caso sob controle na cidade. Nossa reclassificação no grau de risco é  mais por consequência da realidade de nossos vizinhos. O número de casos registrados em Nova Venécia comprova a eficácia de nossas ações, enquanto municípios com população bem menor que a nossa já ultrapassam 20, 30, 40 casos confirmados, Nova Venécia, até o momento, contabiliza 11 casos confirmados. A Secretaria de Saúde tem feito um trabalho grandioso de enfrentamento ao coronavírus e nosso resultado está aí.  Agradecemos o empenho e colaboração de todas as entidades, ao empresariado e toda população que está unida nesta tarefa e  tem colaborado muito com o município”, destacou ele.

Noroeste News - Com informações do G1 ES



Nenhum comentário