Últimas

OPORTUNIDADE: Investimentos mantidos criam mais de 4.500 empregos no ES

Oportunidades serão geradas até meados de 2022, com chances para cargos de vários níveis de escolaridade; projetos em novos negócios serão em todo o Estado


Fábrica de papel higiênico da Suzano será instalada em Cachoeiro de Itapemirim . Crédito: Ricardo Teles/Suzano

O Espírito Santo vai receber até 2021 investimentos de oito empresas que anunciaram instalação ou ampliação de suas atividades no Estado. Ao todo, devem ser criados, pelo menos, 4.500 postos de trabalho diretos e indiretos. As oportunidades serão para cargos de vários níveis de escolaridade.

As contratações ainda não começaram, mas os interessados devem ficar atentos à divulgação das seleções das companhias. Além das empresas confirmadas, outras 20 organizações estão de olho no Estado, podendo abrir ainda mais oportunidades de emprego.

Desde o fim do ano passado, empresas como Suzano e Brinox anunciaram a construção de novas fábricas no Norte do Estado. Já a Laticínios Porto Alegre vai construir uma unidade em Rio Novo do Sul e a fábrica de chocolates Hershey’s vai criar um centro de distribuição, na Serra.

A Biancogrês, fábrica de porcelanato, vai investir na sexta linha de produção do parque industrial que funciona no município da Serra. O superintendente de Marketing e Produtos da empresa, Alexandre Luz, informa que a empresa está em processo de licenciamento.

“As obras estão previstas para iniciar ainda neste ano, empregando 250 profissionais para a construção. O início das operações está previsto para o segundo semestre de 2022, quando devemos contratar 300 profissionais, entre operadores de linha, eletricistas, técnico de segurança, operadores de empilhadeira, supervisores, entre outros. As oportunidades, quando abertas, serão divulgadas por meio do Linkedin”, explica.

No Norte do Estado, a P2A, fábrica de papelão, será instalada em Linhares com um investimento total de R$ 5,3 milhões. A empresa vai produzir papel ondulado para embalagens, que será voltado principalmente para atender o setor moveleiro. A expectativa, segundo adiantou a coluna Beatriz Seixas, a operação vai começar a partir de janeiro do ano que vem. Serão gerados 30 empregos diretos e outros 50 indiretos.

CONFIRA OS INVESTIMENTOS E AS VAGAS

BIANCOGRÊS
A empresa de porcelanato vai investir R$ 150 milhões na sexta linha de produção do parque industrial, que fica no município da Serra.

As obras estão previstas para começar ainda este ano, assim que forem liberadas as licenças. Durante a construção, serão contratados 250 profissionais. O início das operações está previsto para o segundo semestre de 2022, quando serão contratados 300 colaboradores. As chances serão para operadores de linha, eletricistas, técnico de segurança, operadores de empilhadeira, supervisores, entre outros

A divulgação das vagas serão feitas pelo Linkedin.


SUZANO
Em dezembro de 2019, a empresa de celulose anunciou um investimento na ordem de R$ 933,4 milhões. O recurso será usado para a construção de uma fábrica de papel higiênico e papel toalha, em Cachoeiro de Itapemirim, e na ampliação de suas atividades em Aracruz.

Na ocasião, a companhia anunciou a geração de 1.100 vagas de emprego. Deste total, 500 postos de trabalho seriam gerados no Sul do Estado, além de 300 vagas em Aracruz mais 300 para a base florestal.

Para a unidade de Cachoeiro, seriam 300 oportunidades para a construção e 200 para quando a fábrica entrar em operação. No início do ano, alguns profissionais já haviam ser contratados.

A Suzano informou que com o objetivo de zelar pela saúde e segurança dos colaboradores de seus prestadores de serviço, em função da pandemia do Covid-19 – novo coronavírus, suspendeu temporariamente as obras de sua nova fábrica de conversão de papel tissue no município de Cachoeiro do Itapemirim (ES). O cronograma será retomado quando a situação se estabilizar.

Ainda segundo a empresa, o foco segue em preservar a saúde de seus trabalhadores, prestadores de serviços e familiares, ao mesmo tempo em que garante a oferta de seus produtos, que são essenciais para enfrentar este momento, inclusive no atendimento das áreas de saúde, medicamentos e alimentos.


BRITÂNIA
A fábrica de eletrodomésticos vai investir R$ 394 milhões na unidade que será instalada em Linhares. A previsão é de que a operação comece no primeiro semestre de 2021. Serão contratados quase 2 mil profissionais diretamente, sendo 192 com nível superior e 1.749 com ensino médio.


LATICÍNIOS PORTO ALEGRE
A empresa, que já tem uma unidade de processamento em Dores do Rio Preto, vai investir R$ 45 milhões em uma nova fábrica em Rio Novo do Sul. Quando entrar em operação, serão gerados 120 empregos diretos e outros 100 indiretos com a atividades de produção.


HERSHEY’S
A indústria de chocolates vai instalar um centro de distribuição no município da Serra. O investimento será de cerca de R$ 7 milhões , com geração de 50 empregos diretos e indiretos. As obras de adequação começaram em fevereiro.


PROTEINORTE
A proprietária das marcas Kifrango e Xiken, vai expandir as atividades no ES. Para isso, fará um investimento de R$ 25 milhões. A expectativa é de que sejam abertos 15 postos de trabalho após o término de todos os investimentos. A conclusão de toda a obra está prevista para o primeiro semestre de 2021.


BRINOX
A fabricante de itens domésticos como panelas e talheres vai gerar 640 vagas de emprego, sendo 240 diretamente na empresa quando entrar em operação e as demais durante a construção do empreendimento. O investimento total será de R$ 50 milhões.


P2A
A fábrica de papelão será instalada em Linhares e receberá um investimento de R$ 5,3 milhões. A unidade vai produzir papel ondulado para embalagens, que será voltado principalmente para atender o setor moveleiro. A operação está prevista para começar a partir de janeiro de 2021, com a geração de 30 empregos diretos e outros 50 indiretos.

A Gazeta


Gostou desta matéria? Clique aqui e receba nossos conteúdos diariamente.

Nenhum comentário