Últimas

PF cumpre mandados em investigação sobre suposto caixa 2 de Serra



A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (21) a Operação Paralelo 23, terceira fase da operação Lava Jato junto à Justiça Eleitoral de São Paulo. São cumpridos quatro mandados de prisão temporária e 15 mandados de busca e apreensão em São Paulo e em Brasília. A operação investiga suposto caixa 2 na campanha de José Serra (PSDB) ao Senado em 2014.
De acordo com o Ministério Público de São Paulo, as investigações apontam que Serra recebeu R$ 5 milhões em doações não contabilizadas feitas a mando do empresário José Serpieri Júnior, alvo de mandado de prisão.
O Seripieri é fundador e ex-presidente da Qualicorp, grupo que comercializa e administra planos de saúde coletivos. As investigações apontam que as doações não contabilizadas a Serra foram feitas em duas parcelas no valor de R$ 1 milhão e de R$ 3 milhões.
Segundo a Lava Jato de SP, os investigados devem responder pelos crimes de associação criminosa, falsidade ideológica eleitoral e lavagem de dinheiro, com penas de 3 a 10 anos de prisão, sem prejuízo de responderem por outros crimes que possam ser descobertos ao longo da investigação.
Como Serra atualmente é senador, as investigações em primeira instância se restringem, em relação a ele, aos fatos apurados no ano de 2014. Em relação aos demais investigados, a operação também busca provas da atualidade da prática de crimes conexos.

Com Informações ISTOÉ

Clique aqui e receba nossos conteúdos diariamente.

Nenhum comentário