Últimas

Bandes libera R$ 16,7 mi para equipamento de cirurgia robótica do Hospital Meridional


O Grupo Meridional é uma das maiores redes de hospitais do Brasil.

O Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) firmou contrato de financiamento com a Rede Meridional no valor de R$ 16,7 milhões. Os recursos liberados, nessa quarta-feira (23), serão empregados, principalmente, para reembolso de aquisição de equipamento hospitalar usado em inserções cirúrgicas robóticas. Com o equipamento, é possível reduzir as dores pós-operatórias, ter precisão nas incisões e, com isso, proporcionar uma recuperação mais rápida ao paciente.

Para o CEO da Rede Meridional, Antônio Alves Benjamim, a atuação do banco neste tipo de financiamento mostra o compromisso com a sociedade. “O crédito do Bandes trouxe inovação e tecnologia à Rede Meridional, possibilitando concluir um investimento de R$ 25 milhões no robô da Vinci® Xi. O sistema cirúrgico é considerado o mais moderno do segmento robótico do mundo. A aquisição representa mais do que nossa dedicação com a excelência em assistência à saúde. Significa compromisso com nossos pacientes e respeito à vida, aos altos padrões científicos, tecnológicos e à sociedade”, explica Benjamim.

O banco capixaba é parceiro do Meridional Cariacica desde 2001, quando financiou o projeto de construção do hospital que até hoje é a principal referência do grupo. De acordo com o diretor-presidente do Bandes, Maurício Cézar Duque, essa atuação mostra que o banco está preparado para assumir o financiamento de projetos de alta complexidade. “O Bandes tem buscado uma agenda positiva para ampliar o atendimento ao empresariado capixaba e mostrar que temos capacidade de apoiar projetos estratégicos, com alto grau de inovação e tecnologia, como é o caso deste financiamento. Isso contribui para o ambiente de investimento no Estado”, destaca Duque.

Sobre a tecnologia
A utilização da tecnologia de cirurgia robótica traz segurança e vantagens tanto para o paciente quanto para o cirurgião. O uso do sistema de cirurgia Da Vinci permite ao cirurgião visualizar a área operatória com alta resolução, e a utilização de braços cirúrgicos de um centímetro de diâmetro minimiza as incisões cirúrgicas, diminuindo as dores, acelerando a recuperação e o retorno às atividades diárias do paciente. Esse processo permite menos contato entre o tecido inferior interior exposto e o texto dispositivo cirúrgico, reduzindo bastante o risco de infecção pós-operatório.

Complexo hospitalar de referência
O Meridional Cariacica é integrante da Rede Meridional, composto por sete hospitais, seis deles distribuídos na Grande Vitória e um no norte do Estado, sendo uma das maiores redes de hospitais do Brasil. É referência em alta complexidade. Suas principais especialidades (transplantes, oncologia, neurologia e cardiologia) são desenvolvidas por equipes médicas multidisciplinares, de elevada formação acadêmica e profissional.

O principal objetivo é oferecer saúde e bem-estar por meio de serviços humanizados, com infraestrutura e tecnologia avançada. O Hospital Meridional conta hoje com 196 leitos, sendo 60 de UTI em, aproximadamente, 16 mil metros quadrados de área construída.



Gerência de Comunicação Institucional do Bandes


Nenhum comentário