Últimas

Jogos precisam ocorrer em 2021 "a qualquer preço", diz Seiko Hashimoto


Ministra da Olimpíada tem como foco pensar no bem dos atletas


Os Jogos de Tóquio precisam ser realizados "a qualquer preço" em 2021, disse a ministra da Olimpíada do Japão, Seiko Hashimoto, nesta terça-feira (8). Falando em uma coletiva de imprensa, Hashimoto disse que os Jogos deveriam acontecer para o bem dos atletas, independentemente dos desafios impostos pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).
Em março, o governo japonês e o Comitê Olímpico Internacional (COI) tomaram a decisão inédita de adiar os Jogos - agendados originalmente para começar em julho deste ano - para  2021 por causa da pandemia.
"Todos os envolvidos com os Jogos estão trabalhando juntos para se prepararem, e os atletas também estão fazendo esforços consideráveis para o ano que vem", afirmou  Hashimoto na coletiva.
"Acho que temos que realizar os Jogos a qualquer preço", acrescentou. "Quero concentrar todos nossos esforços em medidas contra o novo coronavírus."
Autoridades do governo japonês, do governo municipal de Tóquio e do comitê organizador dos Jogos se reuniram pela primeira vez na semana passada para determinar passos para conter a disseminação da covid-19 no evento.


Com Informações Agência Brasil


Clique aqui e receba nossos conteúdos diariamente




Nenhum comentário