Últimas

COVID-19: Contaminação em Wuhan pode ser dez vezes maior do que número oficial


Um estudo elaborado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) da China indica que o número de infectados em Wuhan - cidade onde o novo coronavírus apareceu pela primeira vez - pode ser dez vezes maior do que o registrado oficialmente pelas autoridades de saúde do país.

De acordo com reportagem da agência Bloomberg, o número de infectados em Wuhan alcançou 50 mil casos até abril, quando o estudo foi realizado. Já a projeção do CDC aponta a contaminação de quase 500 mil pessoas em Wuhan no período mencionado. Os dados foram divulgados na noite desta segunda (28).

O estudo estimou as taxas de infecção por Covid-19 em diversos pontos do território chinês. Segundo a Bloomberg, a análise se baseou em testes sorológicos realizados em uma amostra de 34.000 residentes de Wuhan e de outras cidades na província de Hubei, além de metrópoles como Pequim e Xangai e municípios nas províncias de Guangdong, Jiangsu, Sichuan e Liaoning.

Os pesquisadores identificaram uma taxa de anticorpos de 4,43% para Covid-19 entre os moradores de Wuhan, uma metrópole com 11 milhões de pessoas.

A taxa fora de Wuhan é significativamente menor, segundo o estudo. Em outras cidades de Hubei, apenas 0,44% dos residentes pesquisados tinham anticorpos contra o coronavírus.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China informou que o estudo foi realizado em abril, um mês depois que o país "conteve a primeira onda da epidemia de Covid-19".

Apesar dos números constatados pelo CDC, os moradores de Wuhan voltaram às ruas. A razão dessa adesão da população à retomada é amparada pela orientação do governo chinês, que garante não haver desde maio novos casos de infecção pelo novo coronavírus no marco zero da pandemia.

Entretanto, o resultado do estudo mostra que Wuhan ainda é vulnerável ao Covid-19. O percentual registrado segue bem abaixo do limite mínimo (metade da população, segundo epidemiologistas) para se alcançar a imunidade coletiva.


Época