Últimas

Escola de Vila Velha produz e-book de forma híbrida

A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Doutor Francisco Freitas Lima, localizada em Vila Velha, elaborou com os estudantes um e-book denominado "Atividade de Pesquisa e Língua Portuguesa: diálogos plausíveis". Os professores Aline Suave e Rodrigo Dantas, trabalharam, remota e presencialmente, com práticas de pesquisa, gêneros discursivos de caráter injuntivo, poético e dissertativo-argumentativo.

O diretor da Escola, Guilherme Gabler Cazeli, explicou que foram abordados diversos temas cotidianos, inclusive sobre o contexto da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). “Acreditamos que o ensino da língua, assim como o viés investigativo da disciplina de Atividade de Pesquisa, precisa ser estudado a partir das situações concretas do dia a dia. Inclusive, uma das atividades pedagógicas não presenciais consistiu em uma oficina de fotografia, em que os estudantes puderam refletir sobre o contexto da pandemia, a partir de suas realidades”, destacou Cazeli.

A produção de texto e leitura teve como objetivo contribuir para a formação de sujeitos de discurso: estudantes que leem, escrevem, discutem e criticam de maneira consciente o meio que vivem, assim como contribuir para a proficiência leitora dos alunos, componente importante em avaliações externas, como o Programa de Avaliação da Educação Básica do Espírito Santo (Paebes) e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As atividades também visaram a auxiliar nas práticas da disciplina de Língua Portuguesa, que foram potencializadas como ações do Programa Circuitos de Gestão.

O e-book organizado pelos professores, com as produções dos estudantes, foi editado pela ferramenta Canva e pode ser baixado e compartilhado por meiodo link:https://drive.google.com/file/d/14Fc6tZulP5b7pztWkOyRsObXX6496pYv/view.

“A técnica e o esforço utilizados pelos professores, juntamente com os estudantes envolvidos, concretizaram essa metodologia inovadora de produção de textos, que possivelmente irá virar rotina nas atividades da escola”, disse o diretor Guilherme Cazeli.


Governo ES

Nenhum comentário