Últimas

Arboviroses apresentam sintomas semelhantes aos da Covid-19


A Covid-19 apresenta alguns sintomas semelhantes a outras doenças que afetam a população do Espírito Santo. Manifestações como febre, dor de cabeça, dores no corpo e diarreia podem indicar infecção por dengue, zika ou chikungunya, dificultando, em alguns casos, o diagnóstico do novo Coronavírus.

O vetor responsável pela transmissão dessas doenças, o Aedes aegypti, circula durante todo o ano, mas é no Verão que sua proliferação tende a aumentar. Isso ocorre devido às chuvas constantes e temperaturas elevadas, um ambiente perfeito para a reprodução do mosquito.

Para evitar os surtos de arboviroses, é importante que toda a população esteja empenhada em eliminar os focos do inseto, com as seguintes ações: manter as garrafas de cabeça para baixo, escovar bem as bordas dos recipientes, colocar areia nos pratinhos de plantas, manter caixas d’água bem vedadas, entre outras medidas de prevenção. Além disso, todos devem estar atentos aos indícios de contaminações por qualquer vírus, buscando ajuda médica para receber o diagnóstico e auxílio correto.




Anticorpos IgG em amostras de dengue e chikungunya 

A Secretaria da Saúde, por meio do Laboratório Central de Saúde Pública do Espírito Santo (Lacen/ES), realizou um estudo que detectou a presença de anticorpos IgG, específicos para SARS-CoV-2, em amostras de infecções por arboviroses (dengue e chikungunya), referentes ao mês de dezembro de 2019.

Foram analisadas 7.370 amostras de soro de pacientes suspeitos de infeção pelas arboviroses. Dessas, 210 amostras foram positivas para a presença de anticorpos da Covid-19. 

Durante a apresentação dos resultados da pesquisa, o coordenador-geral do Lacen/ES, Rodrigo Ribeiro Rodrigues, levantou a questão de o aumento de casos das arboviroses poderem dificultar o diagnóstico para a Covid-19. “Isso traz uma contribuição importante ao Sistema Único de Saúde, uma vez que independentemente da existência do diagnóstico positivo para a arboviroses, deve-se sempre ser considerada, em especial no ano que se passou e neste que se inicia, a infecção pelo SARS-CoV-2, uma vez que ambas as doenças apresentam sinais e sintomas semelhantes”, destacou Rodrigues. 


Governo ES