Últimas

Municípios do noroeste registram redução de 71,4% no número de homicídios

No noroeste do Espírito Santo, o trabalho de investigação e inteligência da Polícia Civil (PCES), em articulação com a Polícia Militar (PMES) e outros órgãos, resultou na redução de 71,4% no número de homicídios em 2020, com relação a 2019. Juntos, os municípios de Ponto Belo, Montanha e Mucurici somam dois homicídios ao longo de 2020, contra sete registros em 2019.

Individualmente, os três municípios apresentaram bons resultados no último ano. Em 2020, Ponto Belo alcançou o terceiro ano consecutivo sem homicídios. Mucurici também teve um ano inteiro sem homicídios em 2020, contra 01 homicídio em 2019. Montanha foi o município com maior redução: de 06 homicídios em 2019, a cidade registrou 02 casos em 2020.

A Delegacias de Polícia de Montanha, que atende as três cidades, é comandada pelo delegado Leonardo Ávila. O titular explica que o serviço de inteligência e investigação é crucial para a elucidação dos crimes e, por consequência, a redução da criminalidade violenta.

“O trabalho integrado que vem sendo realizado pelas Polícias Civil e Militar na região tem gerado excelentes resultados. Temos que destacar também a parceria com as prefeituras, além do apoio do Ministério Público e Poder Judiciário, que conferem agilidade nas medidas cautelares solicitadas, como pedidos de busca e de prisão”, afirmou o delegado.

100% de resolutividade

As investigações e operações realizadas nos três municípios resultaram em números expressivos. Durante o ano passado, a Delegacia de Polícia de Montanha recebeu 297 suspeitos conduzidos, 22 armas de fogo foram apreendidas, além de munições e entorpecentes como: maconha, cocaína e crack.

O titular da unidade destacou o trabalho investigativo realizado, que resultou em um índice de resolução de homicídios e latrocínios de 100%. “Todos os crimes com morte tiveram suas investigações concluídas e foram elucidados. Esperamos que, em 2021, continuemos alcançando resultados satisfatórios, que trazem paz aos moradores destas cidades”, afirmou Ávila.

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil




Nenhum comentário