Últimas

Recesso Sanitário no ES de 28/03 a 04/04, veja quais medidas adotadas

Em uma espécie de 'recesso sanitário', o Espírito Santo teve o período de quarentena prorrogado até o domingo de páscoa, 04/04. As medidas adotadas com a extensão das restrições, envolvendo o feriado da semana santa não pode ser confundido pela população como um momento para viagens, visitas, lazer e miniférias, ele deve ser encarado como um 'retiro' pessoal para que, de fato, ele gere os resultados esperados e contribua efetivamente para a preservação da vida e o  reestabelecimento das condições favoráveis à retomada das atividades econômicas e sociais, como tanto almejamos.

Além da prorrogação do período de suspensão das atividades, a partir de hoje,  bancos, financeiras, casas lotéricas e outros tipos de estabelecimentos estarão com atendimento suspenso por oito dias. As medidas visam contribuir para impedir a proliferação descontrolada do vírus no Estado.

Entre as principais medidas a serem adotadas nesta semana, estão: a mudança na classificação dos serviços e atividades essenciais que podem funcionar e da suspensão do transporte coletivo (metropolitano, intermunicipal, interestadual e municipal) em todo território capixaba.

Estão fora do grupo das atividades e serviços considerados como essenciais o comércio atacadista; lojas de material de construção civil; casas de peças e oficinas de reparação de veículos automotores; comercialização de produtos e serviços de cuidados animais (permitido o funcionamento de clínicas médicas veterinárias e comercialização de alimentos); agências bancárias, instituições financeiras de fomento econômico; casas lotéricas; esses estão com funcionamento suspenso.

Foi retirada também a permissão para o atendimento presencial em concessionárias prestadoras de serviços públicos.

Em relação aos serviços de assistência à saúde, será permitido o funcionamento somente de “hospitais, clínicas e consultórios médicos, odontológicos e de fisioterapia, laboratórios e farmacêuticas”. A campanha de vacinação seguirá normalmente. 

Hotéis, pousadas e afins podem funcionar com a capacidade de ocupação limitada a 30% dos quartos. As demais atividades consideradas não essenciais continuam suspensas.

Transporte Coletivo
Também está  suspenso o transporte coletivo em todo o Espírito Santo, a regra entrou em vigor neste domingo (28), como se observou no município de Nova Venécia, nenhum coletivo circulando, e deve seguir assim até o dia 04 de abril. 

Na manhã da última quinta-feira (25), o prefeito de Nova Venécia, André Fagundes, publicou decreto municipal com medidas restritivas específicas para esta semana no município, o mesmo passou por alterações para adequação as determinações do decreto estadual publicado na tarde do mesmo dia.

As alterações e os detalhes das medidas vigentes em Nova Venécia podem ser conferidas no link: DECRETO-16293-COVID-ATUALIZACAO-26-03-2021.pdf (novavenecia.es.gov.br)