Últimas

Vila Pavão vai entrar em Lockdown a partir de amanhã


A constatação de que a variante inglesa B.1.1.7 do coronavírus foi identificada em 27 pacientes que moram em Vila Pavão, ode até uma criança de apenas 4 meses de idade está em situação complicada por causa da doença, levou o prefeito do município, Ulikson Boone, o Bolinha, a decretar a suspensao do funcionamento de todo o comércio do município, exceto farmácias e supermercados, em sistema de entrega (delivery), a partir desta sexta-feira, 26, até o dia 1º de abril, quarta-feira da semana que vem, além de toque de recolher das 20h às 6h,enquanto vigir o decreto.

Confira a íntegra do decreto


A secretaria de Saúde do município vizinho de Barra de São Francisco informou ontem, 24, que foram detectados 27 pacientes com a cepa inglesa da Covid-19 variante do coronavírus que é considerada mais contagiosa e letal.

Conforme a secretária, Elaine Trancoso, os casos foram revelados por um estudo do Laboratório Central do Espírito Santo (Lacen) com base nas amostras coletadas dos doentes. Isso, significa que a nova variante circula no município já há algum tempo.

Segundo a enfermeira Letícia Pianna, a idade dos 27 pacientes infectados varia de 4 meses a 62 anos, sendo 16 com menos de 40 anos. Foram 12 casos em fevereiro e 15 em março.

“Todos os infectados com a nova variante estão curados, porém, três deles tiveram que ser internados em hospital de referência. O último paciente com a nova variante teve cura clínica no dia de ontem”, afirmou a enfermeira.

Estas variantes de atenção (VOC) são consideradas preocupantes devido às mutações que podem conduzir ao aumento da transmissibilidade e ao agravamento da situação epidemiológica nas áreas onde forem identificadas (ECDC, 2021). Desta forma, a vigilância de síndromes respiratórias, com especial atenção para a vigilância genômica, é importante para a saúde pública no enfrentamento da covid-19. 


Tribuna Norte Leste e PMVP